<
>

Início da Premier League, Neymar acusa adversário de racismo e gol de Antony: o resumo do fim de semana de futebol pelo mundo

A Premier League voltou neste final de semana, e a temporada 2020-21 começou com tudo. Já na França, o destaque ficou para um fato lamentável. Veja o que de principal aconteceu no futebol internacional no sábado e domingo:

Premier League começa

O início do Campeonato Inglês teve a realização de seis partidas no final de semana, com destaque para a vitória do atual campeão Liverpool em um jogo intenso contra o Leeds United por 4 a 3, no sábado.

A partida no Anfield teve golaço, falha de Van Dijk, hat-trick de Salah e uma ótima impressão deixada pelos visitantes. No fim, vitória dos Reds, que chegaram a 60 jogos de invencibilidade em seu estádio no campeonato.

Já no domingo, o grande jogo do dia foi entre Tottenham e Everton, que marcou o encontro de José Mourinho e Carlo Ancelotti. Só o italiano teve motivos para comemorar, já que os visitantes ganharam no Tottenham Hotspur Stadium por 1 a 0, com gol de Calvert-Lewin, em um jogo que teve grande atuação do estreante James Rodríguez.

Mais cedo, o Leicester City tinha vencido o West Bromwich por 3 a 0, com dois gols de Jamie Vardy e um do debutante Timothy Castagne.

Início de LaLiga

O fim de semana também marcou o pontapé inicial para outro grande campeonato nacional: LaLiga. Se não teve Real Madrid, Barcelona, Atlético de Madrid e Sevilla em campo, a competição, por outro lado, contou com um clássico de início. O Valencia recebeu o Levante e triunfou por 4 a 2.

Outro destaque foi a vitória do Betis sobre o Alavés por 1 a 0 no fim, na estreia do técnico Manuel Pellegrini e do goleiro Claudio Bravo. O gol foi marcado por Cristian Tello, ex-Barcelona.

A pixotada

O começo de LaLiga ainda registrou uma falha feia do goleiro Jordi Masip, do Real Valladolid, que acabou definindo o empate por 1 a 1 com a Real Sociedad, em casa.

Neymar acusa adversário de racismo

Na França, o clássico entre Paris Saint-Germain e Olympique de Marselha foi marcado por um episódio triste. Neymar acusou o zagueiro Álvaro González de racismo em um jogo que acabou com cinco expulsões.

Os dois se estranharam no final do primeiro tempo da partida no Parque dos Príncipes, válida pelo Campeonato Francês, e que acabou com vitória do Marselha por 1 a 0. Aos 37 minutos, o brasileiro reclamou de insultos racistas do espanhol. "Racismo não. Racismo aqui, não", esbravejava o camisa 10 na lateral do campo, enquanto o árbitro Jérôme Brisard tentava apaziguar os ânimos.

Ao mesmo tempo, Álvaro González cobrava ajuda do VAR por um suposto cuspe que havia levado de Di María.

As imagens da transmissão não deixam claro em que momento o insulto racista teria acontecido e nem quem teria sido o alvo (se o próprio Neymar ou se Di María).

O jogador do Marselha negou ter cometido racismo.

No fim da partida, Neymar deu um leve soco na cabeça do espanhol, o que foi visto pelo VAR, e o brasileiro acabou recebendo o cartão vermelho.

Gol de Antony e lesão de Robben

A bola também rolou na Holanda, onde Antony estreou oficialmente pelo Ajax e deixou sua marca, definindo a vitória por 1 a 0 sobre o Sparta Rotterdam, mesmo o time de Amsterdã tendo jogado a maior parte do duelo com um a menos por conta da expulsão de Tagliafico.

Em outro duelo, Arjen Robben debutou oficialmente pelo Groningen, mas não teve nada o que comemorar.

O atacante de 36 anos sentiu uma lesão, foi substituído com 30 minutos de jogo e viu seu time perder para o PSV por 3 a 1.