<
>

Tiago Nunes se pronuncia após demissão do Corinthians e fala em 'expectativa e realidade'

Um dia após ser demitido pelo Corinthians, o técnico Tiago Nunes se pronunciou pela 1ª vez sobre a saída.

Por meio de seu Instagram, o treinador falou sobre a "expectativa" que tinha em seu trabalho", e a "realidade" que ocorreu no clube paulista.

Além disso, o comandante falou sobre sua relação com jogadores e diretoria do Timão, que sempre foram um tanto turbulentas.

"Expectativa e realidade são duas linhas paralelas que lutamos diariamente para aproxima-las no dia a dia de um treinador de futebol. Quando isso não acontece, sabemos que o fim será decretado. Como um profissional comprometido com princípios éticos e morais que estou envolvido, acordo todos os dias buscando fazer o melhor e influenciar aqueles que estão ao meu redor. Falhamos, aprendemos e evoluímos", postou.

"Comandar o Corinthians foi um desejo, e mesmo sem alcançarmos as expectativas criadas, buscamos diariamente não só o bem do time, mas do Clube como um todo. A minha consciência, no entanto, segue tranquila e ciente de que entregamos nosso melhor no momento. Sempre busquei falar, argumentar e questionar as situações da nossa rotina", seguiu.

"Destaco que minha relação com funcionários, atletas e diretoria sempre foi profissional, respeitosa e transparente, aos quais direciono minha gratidão e carinho. Discordar não é desrespeitoso quando embasado de argumentos e fatos. Agradeço pela oportunidade de estar à frente de um clube com uma história social e desportiva tão importante para nosso país", acrescentou.

"Lamento as poucas vezes que tivemos a presença da Fiel torcida na Arena, fato determinante para empurrar o time nas partidas. Espero que o Corinthians tenha sucesso em seu futuro e siga transmitindo alegria a todos que amam essa instituição", finalizou.

Ao todo, Tiago Nunes fez 28 jogos pelo clube, com 10 vitórias, 10 empates e 8 derrotas.

O aproveitamento do comandante foi de 47,6% dos pontos.

O gaúcho foi anunciado pelo Corinthians em novembro de 2019, quando deixou o Athletico-PR.

No entanto, ele só assumiu o comando alvinegro no início de 2020, na Floria Cup, torneio de pré-temporada nos Estados Unidos.

Nunes foi vice-campeão do último Campeonato Paulista, perdendo a final justamente para o Palmeiras.

Ele deixou o Corinthians na 13ª colocação do Brasileiro, com 9 pontos em 9 jogos.