<
>

Corinthians acerta três meses de salários atrasados na véspera de clássico contra o Palmeiras pelo Brasileiro

play
Corinthians x Palmeiras: Calçade cita 'reformas' de Luxemburgo e analisa erros defensivos da equipe de Tiago Nunes (3:11)

O clássico paulista acontece nesta quint-feira, às 19h15 (de Brasília), na Neo Química Arena (3:11)

A diretoria do Corinthians quitou integralmente três dos quatro salários atrasados com o elencona véspera do clássico contra o Palmeiras pelo Campeonato Brasileiro, quinta (10), às 19h15, na Neo Química Arena.

Duílio Monteiro Alves - que anunciou em entrevista coletiva que está deixando o cargo de diretor de futebol alvinegro para concorrer à presidência do clube - revelou que o valor pago foi completo, sem a redução de vencimentos acertada por causa da pandemia, e que o último mês ainda em aberto (agosto) será quitado na semana que vem.

Atual mandatário, Andrés Sanchez havia dito ao GE.com que a situação se resolveria até 15 de setembro.

"Pegou época da pandemia, tivemos dificuldades. Não tenho vergonha de dizer. Foi a única vez que atrasou na história, peço desculpa aos atletas. Você vê jogador nos cobrando, mas não reclamando. Estão correndo, lutando, tentando ganhar independente disso", disse Andrés.

O Corinthians, assim, volta a quitar parte dos atrasados antes de um dérbi - em julho, a diretoria acertou um mês de salários atrasados dois dias antes do clássico pelo Campeonato Paulista.