<
>

Corinthians de Tiago Nunes: um dos mais vazados, Cássio ainda é o goleiro que mais trabalha na Série A

play
Andrés pede tempo, mas reconhece que Corinthians precisa melhorar: 'O Tiago Nunes está sendo cobrado' (1:18)

'A mudança no futebol leva tempo... e estamos dando todo esse tempo para a comissão técnica; futebol não se faz do dia para a noite', completou o presidente (1:18)

O Corinthians acostumou-se a ter um sistema defensivo sólido, protegido, que ao mesmo tempo contava com as defesas salvadoras de Cássio em dias ruins. Pois bem, a versão 2020 do Alvinegro é menos eficiente na hora de evitar gols, ainda que seu capitão seja um dos mais exigidos do Campeonato Brasileiro.

Segundo dados do TruMedia, ferramenta de dados usada pela ESPN, Cássio é o líder de defesas da Série A. O corintiano pratica, em média, cinco intervenções por jogo, acima dos números de Gatito Fernández, do Botafogo (4,4), Wilson, do Coritiba (4), Fernando Prass, do Ceará (3,67) e João Paulo, do Santos (3,5).

Mesmo trabalhando mais do que os colegas, Cássio ainda é um dos goleiros mais vazados em média no campeonato. Com sete gols sofridos nas cinco partidas que o Corinthians já fez no Brasileirão, o camisa 12 só é melhor que cinco outros goleiros.

Veja abaixo:

A lista, claro, é dominada pelos goleiros que representam as defesas mais vazadas do Brasileirão. O Corinthians, com sete gols sofridos, está empatado com Santos, Athletico-PR e Coritiba. Só Bragantino (dez), Ceará (nove), Sport e Atlético-GO (oito cada) sofreram mais.

Com apenas uma vitória em cinco rodadas, o Corinthians tenta a reabilitação nesta quarta-feira, às 19h15, contra o Goiás, no Serrinha, em Goiânia. As equipes estão separadas por um ponto: cinco do Timão e quatro do esmeraldino, o que é um ingrediente a mais em jogo.

Cássio espera melhorar um pouco seus números assim que a bola rolar na capital goiana. Mas a tendência é que o corintiano tenha, de novo, muito trabalho para defender sua meta.