<
>

Muller brinca sobre Messi no Bayern e diz que seleção alemã 'não é tema' para ele

Thomas Muller é conhecido pela irreverência e deu mostra disso em uma entrevista em uma abertura de uma loja de mobílias em Munique ao ser questionado sobre Lionel Messi, que está de saída do Barcelona.

“Eu falei com nosso conselho de finanças uma ou duas vezes. E acho que não podemos fazer isso”, declarou o meia-atacante do Bayern de Munique.

Já o presidente Karl-Heinz Rummenigge falou de forma enfática sobre uma eventual ida do craque argentino ao atual campeão da Champions League. "Messi? Não. Não podemos pagar esta magnitude a qualquer jogador. Não é parte de nossa política e filosofia", declarou ao jornal italiano Tuttosport.

Na entrevista coletiva, Muller ainda falou sobre seu momento. Em uma temporada de recuperação, o camisa 25 foi fundamental na tríplice coroa do Bayern e fechou 2019-20 com 14 gols e 25 assistências em 50 jogos.

Com este desempenho, o técnico da Alemanha, Joachim Löw, poderia mudar de ideia quanto à decisão de não contar mais com ele? Em março de 2019, Muller, Jérôme Boateng e Mats Hummels foram deixados de lado dos planos da Mannschaft.

“É claro que nos últimos meses por conta do sucesso do time e meu papel nisso a pergunta sobe a seleção apareceu de novo. Eu acho que houve declarações relativamente claras de todos os lados. Por isso não tem nova posição e isso para mim não é um tema no momento”, disse o jogador com 100 partidas e um título de Copa do Mundo pela seleção alemã.