<
>

Marrony e Marinho são os destaques da 3ª rodada do prêmio ESPN Bola de Prata Sportingbet

play
Bertozzi elogia estratégia do Ceará contra o Atlético-MG e comenta atuação de Marrony como camisa 9 (3:01)

O Atlético-MG teve dificuldades e até sofreu, mas venceu o Ceará por 2 a 0 no Mineirão neste domingo (16), pela terceira rodada, e segue perfeito no Campeonato Brasileiro, com três triunfos em três jogos (3:01)

Os atacantes Marrony, doAtlético-MG, e Marinho, do Santos, foram os grandes nomes do Prêmio ESPN Bola de Prata Sportingbet na terceira rodada do Campeonato Brasileiro, no último fim de semana.

Autor de dois gols (um após sofrer um pênalti que ele mesmo converteu), Marrony deu a vitória ao Galo sobre o Ceará por 2 a 0, no domingo (16), resultado que manteve o time com 100% de aproveitamento e na liderança da competição.

Já Marino, deu duas assistências e fez o terceiro gol na boa vitória do Santos sobre o Athletico-PR por 3 a 1 na Vila Belmiro. Foi o primeiro triunfo do time de Cuca na competição nacional.

Outros destaques foram o zagueiro Ernando, que fez o gol da vitória por 2 a 1 do Bahia sobre o Red Bull Bragantino no finalzinho da partida; o atacante Germán Cano, autor de dois gols no triunfo do Vasco sobre o São Paulo por 2 a 1; e o zagueiro Luan Peres, do Santos, completando o top 5 dos maiores pontuadores da terceira rodada.

Também se destacaram no fim de semana o goleiro Cássio, do Corinthians, que aparece como melhor goleiro em uma rodada do Prêmio ESPN Bola de Prata Sportingbet pela primeira vez desde a 13ª jornada da edição do ano passado, e o meia Arrascaeta, o primeiro vencedor da última edição a aparecer em um time de melhores de rodada na edição deste ano.

A seleção da terceira rodada do Bola de Prata ficou assim: Cássio (Corinthians), João Lucas (Flamengo), Ernando (Bahia), Luan Peres (Santos) e Juninho Capixaba (Bahia); Alison (Santos), Andrey (Vasco), Nenê (Fluminense) e Arrascaeta (Flamengo); Marrony (Atlético-MG) e Marinho (Santos). Técnicos: Ney Franco (Goiás).

Graças ainda à incrível vitória sobre o Flamengo, na rodada anterior, o Atlético-GO tem o maior número de representantes (4) na seleção do campeonato: o goleiro Jean, o volante Edson, o meia Jorginho e o Gustavo Ferrareis.

Após essa rodada, o Vasco segue com dois representantes, o volante Fellipe Bastos e o zagueiro Leandro Castán, que virou o Bola de Ouro.

O Bahia, que venceu seu segundo jogo, tem também dois jogadores na seleção ideal do campeonato até aqui: o zagueiro Ernando e o lateral esquerdo Juninho Capixaba. Outro que segue com dois jogadores entre os 11 melhores é o Internacional, com o lateral direito Savaria e o atacante Guerrero, que marcou gol pelo terceiro jogo seguido e é o artilheiro do Brasileirão.

Já o líder Atlético-MG conta com um jogador na seleção, o meia Nathan, além de Jorge Sampaoli, que já abriu boa vantagem como melhor técnico do campeonato (tem 7,17 de nota média contra 6,75 de Roger Machado).

A seleção do Bola de Prata após a terceira rodada ficou assim: Jean (Atlético-GO), Saravia (Internacional), Leandro Castán (Vasco), Ernando (Bahia) e Juninho Capixaba (Bahia); Fellipe Bastos (Vasco), Edson (Atlético-GO), Jorginho (Atlético-GO) e Nathan (Atlético-MG); Gustavo Ferrareis (Atlético-GO) e Guerrero (Internacional). Técnico: Jorge Sampaoli (Atlético-MG).

Desde 2017, o prêmio conta com a pontuação composta por 40% de estatísticas (o Algoritmo DataESPN) + 60% das notas dos jornalistas.