<
>

Flamengo já fez proposta a Isla, prioridade, mas 'briga' com Boca Juniors e Betis; Guga e mais dois também estão na mira

play
Conheça Mauricio Isla, lateral-direito que pode pintar no Flamengo após a saída de Rafinha (1:44)

O chileno de 32 anos rodou por Udinese, Juventus, Queens Park Rangers, Olympique de Marselha e Cagliari até chegar ao Fenerbahce, seu último clube (1:44)

O Flamengo já fez proposta a Mauricio Isla e aguarda sua resposta, mas a briga é contra dois rivais de peso: o Boca Juniors e o Euro.

É que o gigante argentino também quer o jogador chileno, assim como o Betis, da Espanha. Em relação à equipe de La Bombonera, o clube rubro-negro leva boa vantagem financeira [por dinheiro em caixa e também por conta da superioridade do Real sobre o Peso - R$ 1 vale hoje 13,49 pesos].

O mesmo não se dá com o time de Sevilha, que tem a seu favor a cotação da moeda europeia - 1 Euro vale neste momento R$ 6,42 - e o fato de poder dar a chance de o jogador seguir no Velho Continente.

Isla, de 32 anos e que passou as últimas três temporadas no Fenerbahce, da Turquia, é o preferido da diretoria rubro-negra para repor a saída de Rafinha (35 anos), que foi para o Olympiacos, da Grécia, e chegaria ganhando menos do que o brasileiro ganhava. E ainda sendo três anos mais novo.

As informações são do jornalista da ESPN Brasil Mauro Cezar Pereira, que ainda apurou que outros três atletas estão na lista do Flamengo.

Um deles é Guga, titular do Atlético-MG, de apenas 21 anos [fará 22 no dia 29 deste mês], que também já recebeu proposta e que interessa ao clube carioca mesmo se Isla for contratado. A ideia é ter os dois no elenco.

Há outras duas opções para a lateral direita, ambas estrangeiras. Para o jogo contra o Coritiba neste sábado, pela terceira rodada do Campeonato Brasileiro, o técnico Domènec Torrent escalou o jovem João Lucas, de 22 anos, como titular.

play
1:44

Conheça Mauricio Isla, lateral-direito que pode pintar no Flamengo após a saída de Rafinha

O chileno de 32 anos rodou por Udinese, Juventus, Queens Park Rangers, Olympique de Marselha e Cagliari até chegar ao Fenerbahce, seu último clube