<
>

Técnico sensação, Miguel Ángel Ramírez diz o que precisa ouvir para deixar Del Valle e aceitar trabalho no Brasil

play
No Bola da Vez, Miguel Ángel Ramírez diz que só trabalha no Brasil se clube interessado mostrar convicção: 'Não dá para ir ao supermercado' (1:45)

Técnico do Independiente del Valle é o convidado do Bola da Vez de casa deste sábado, às 22h00, na ESPN Brasil e ESPN App (1:45)

Miguel Ángel Ramírez é um técnico de ideias claras. O comandante do Independiente del Valle foi o convidado do Bola da Vez desta semana e mais uma vez foi bem enfático em seus pensamentos.

Sensação com o time equatoriano, Ramírez tem chamado a atenção no cenário sul-americano. Título da Copa Sul-Americana, classificação sobre o Corinthians, confrontos contra o Flamengo e, claro, sondagens até do futebol brasileiro.

O técnico não fugiu das perguntas e até deixou bem claro o que precisa ouvir para poder treinar no Brasil.

“Veja, entendo que o clube que me chama, sabe quem está chamando. Não sei, o Betis, quando chama o Setién, sabe quem está chamando. Quando o Atlético de Madrid chama o Simeone, sabe quem está chamando. Então, o clube brasileiro que me chamanão quer me convencer para eu jogar de certa maneira. Eles estão indo a um mercado para comprar um produto e sabem que esse produto tem uma característica: ele tem 35 anos, joga de certa forma, ele tem a própria maneira".

"Acho que sinto esta profissão de uma maneira diferente. Então, quando me chamam, entendo que já sabem tudo isso. Não dá para ir ao supermercado... Se quero comprar maçãs, vou comprar maçãs, não vou comprar bananas. Ou convencer as maçãs que são bananas. Se vocês me chamam, é porque acreditam que faço um bom trabalho, que estou trabalhando bem, que posso ajudar. E que sua equipe possa jogar e ter um bom rendimento comigo. Então, não entendo de outra forma. Não entendo que tenham de me convencer, ou tentar me convencer, ou me adaptar, ou fazer outra coisa daquela que estou fazendo”, comentou durante o programa.

Você não perda nada. É às 22h00 (hora de Brasília) na ESPN Brasil e ESPN App.