<
>

Benfica: Everton é apresentado, tem multa de quase R$ 1 bilhão e esclarece polêmica Jesus x Renato

play
Presidente do Grêmio agradece 'Cebolinha' e fala sobre venda para o Benfica: 'Com atraso de umas três janelas' (1:08)

Romildo Bolzan falou sobre negociação do atacante (1:08)

O Benfica confirmou nesta sexta-feira três contratações de uma vez: o defensor Jan Vertonghen (chega de graça do Tottenham) até 2023 e os atacantes Gian-Luca Waldschmidt (do Eintracht Frankfurt) e Everton Cebolinha (do Grêmio) até 2025.

O jogador brasileiro chega ao clube português por 20 milhões de euros (R$ 128 milhões), e o time gaúcho terá 20% dos direitos para uma venda futura.

O Benfica ainda colocou uma cláusula de 150 milhões de euros (R$ 960 milhões) no atacante campeão da Copa América de 2019, que usará a camisa 7 no Estádio da Luz.

Sobre a escolha pelo clube lisboeta, Everton explicou: "A grandeza do clube, a história que o clube tem, a estrutura. Acredito que tenha feito a escolha certa. Estou realizando um sonho de jogar na Europa, no Benfica. Espero estar realizando esse sonho também dentro de campo e dando alegrias aos adeptos".

Questionado quanto à polêmica envolvendo Jorge Jesus e Renato Gaúcho, o "Cebolinha" colocou panos quentes.

"Ele (Jesus) não tinha nada (na conversa) relacionado à partida que eu teria. Só ao Benfica e ao meu interesse, esse foi o tema da conversa, o Mister queria saber do meu interesse. Com certeza (queria ir ao Benfica), seria um prazer trabalhar com ele e participar de um projeto como esse", afirmou.

"Tive boas referências do Mister, pude comprovar isso com a nossa conversa, acompanhei o trabalho dele de perto".

Everton também falou sua ambição para a primeira temporada em Portugal: "Títulos. Todo jogador que chega a um clube novo quer fazer história, e meus companheiros e eu teremos ambição de ganhar títulos".