<
>

Grêmio dá supersalário mais bônus a Pepê em renovação de contrato até 2024

play
Tetê comenta que sempre quis atuar no profissional do Grêmio e revela: 'Espero que no futuro isso aconteça' (1:11)

Atacante deixou o clube gaúcho sem nunca ter atuado entre os profissionais de Renato Gaúcho (1:11)

Com a saída de Everton Cebolinha para o Benfica, o jovem Pepê ganhou um olhar ainda mais especial dentro do Grêmio. Teve o contrato renovado com um aumento quase quatro vezes maior do que recebia mais bônus se alcançar as metas estipuladas.

A informação é do jornalista Jorge Nicola da ESPN Brasil em seu blog no Yahoo!, nesta terça-feira (11).

Pepê recebia R$ 40 mil mensais e agora passará a receber R$ 150 mil mensais em um contrato que vai até o final de 2024. Os bônus ainda permitem ele alcançar ganhos mais elevados por mês.

Nicola escreve que o atacante recebeu metas atreladas ao número de jogos como titular e que se alcançar o que foi estipulado em contrato pode receber até R$ 250 mil mensais do Grêmio.

O garoto foi contratado ainda para a base gremista após passagem pelo Foz do Iguaçu e um período por empréstimo na base do Coritiba. Se profissionalizou há cinco anos.

Aos 23, ele tem um título Estadual pelo Grêmio e é o finalista da edição deste ano. Com a saída de Everton Cebolinha, comprado por 20 milhões de euros pelo Benfica (R$ 127 milhões), ele será ainda mais valorizado.

O técnico Renato Gaúcho o vê como a arma principal do time na atual temporada.