<
>

Começa o 51º prêmio ESPN Bola de Prata Sportingbet; Léo Cittadini, do Athletico-PR, é o destaque da 1ª rodada

O Campeonato Brasileiro de 2020 começou no último sábado (8) e com isso demos início ao tradicional Prêmio ESPN Bola de Prata Sportingbet, que chega à 51ª edição. Por conta das finais dos campeonatos estaduais e até pelo caso do Goiás, que teve dez jogadores diagnosticados com COVID-19 às vésperas do jogo contra o São Paulo, a 1ª rodada do Brasileirão teve apenas seis dos seus dez jogos.

Entre eles, foram cinco vencedores nessa largada do campeonato, sendo dois mandantes (Grêmio e Sport) e três visitantes (Athletico-PR, Internacional e Atlético-MG). E justamente desses visitantes é que saíram os destaques do Bola de Prata nessa 1ª rodada. Do Athletico-PR, foram três jogadores no time ideal da rodada: o goleiro Jandrei (que não levou gol na vitória sobre o Fortaleza por 2 x 0), o atacante Vitinho (autor de um gol) e o meia Léo Cittadini, que também marcou um gol e fechou a rodada com a melhor nota da rodada (6,61).

Do Internacional foram dois jogadores na seleção da 1ª rodada: o lateral direito Saravia e o volante Patrick. Guerrero, autor do gol, não entrou na seleção, mas fechou a rodada entre os cinco maiores pontuadores. Já do Galo, o destaque foi o lateral esquerdo Guilherme Arana, que participou da jogada do gol contra de Filipe Luís, que deu a vitória sobre o campeão Flamengo.

Entre os mandantes, o Sport, após a vitória sobre o Ceará, emplacou três jogadores na seleção do Bola de Prata: o zagueiro Adryelson, o meia argentino Jonatan Gómez (que fez um gol) e o experiente atacante Elton, autor de dois gols. Pelo Grêmio, o volante Maicon foi o destaque. E completando o time da rodada, entrou o zagueiro Rodrigo Caio, do Flamengo.

A seleção do Bola de Prata após a 1ª rodada ficou assim: Jandrei (Atlético-PR), Saraiva (Internacional), Rodrigo Caio (Flamengo), Adryelson (Sport) e Guilherme Arana (Atlético-MG); Maicon (Grêmio), Patrick (Internacional), Jonatan Gómez (Sport) e Léo Cittadini (Athletico-PR); Vitinho (Athletico-PR) e Sport (Elton). Técnicos (empatados): Dorival Júnior (Athletico-PR) e Jorge Sampaoli (Atlético-MG)

Desde 2017, o prêmio conta com a pontuação composta por 40% de estatísticas (o Algoritmo DataESPN) + 60% das notas dos jornalistas.