<
>

Palmeiras tem 'explosão' de vendas de camisas de Patrick de Paula e Weverton pós-título

play
Na festa do título do Palmeiras, Jailson coloca blazer e imita Luxemburgo no vestiário (0:26)

Via TV Palmeiras | Goleiro usou frases famosas e arrancou risadas dos companheiros (0:26)

A conquista do Campeonato Paulista pelo Palmeiras teve efeito bastante positivo nas vendas de camisas do clube. E dois jogadores despontaram como os preferidos dos torcedores após a vitória nos pênaltis sobre o Corinthians.

A Palmeiras Store, loja oficial, viu suas vendas de camisas mais do que triplicarem (aumento de 216%) desde o sábado. E, desse número, 80% das unidades foram personalizadas com nome e número do goleiro Weverton e do volante Patrick de Paula.

O arqueiro defendeu duas cobranças de pênaltis - Michel Macedo e Cantillo - que encaminharam a conquista, selada com um pênalti convertido pelo jovem meio-campista revelado pelas categorias de base do clube.

Como forma de atenuar a perda e a inadimplência com os jogos sem público durante o período de restrição, sócios-torcedores com pagamento em dia podem usar um cupom de desconto de R$ 80 para comprar as peças.

Os números analisados trazem como base de comparação as vendas registradas até a sexta-feira, um dia antes da decisão no Allianz Parque.

Os atuais modelos de jogo do clube foram lançados em março, pouco antes de os primeiros decretos de quarentena e isolamento social começarem a ser emitidos - o que certamente impactou nos volumes de vendas.

O Palmeiras e sua fornecedora de material esportivo devem lançar ainda um terceiro uniforme para o time, prática tradicional na agremiação desde o fim dos anos 2000.

No ano passado, houve o lançamento de uma peça em tom de verde mais claro no aniversário do clube, em 26 de agosto. E de uma outra, homenageando o goleiro Marcos, em tom azul, ainda no mês de março.