<
>

Com Marcelo, jornal espanhol faz lista com 9 de saída do Real Madrid e explica motivos

Nesta segunda-feira, o jornal As revelou que a eliminação do Real Madrid na Champions, com nova derrota para o Manchester City, na semana passada, pode causar uma verdadeira revolução no elenco.

O diário apontou 9 nomes que estariam na barca do técnico Zinedine Zidane para deixarem o Santiago Bernabéu na próxima janela de transferências, e listou também os motivos de cada possivel saída.

Entre os presentes no "navio" que está prestes a zarpar, aparecem obviedades como Gareth Bale e James Rodríguez, que não têm mais qualquer condição de seguir vestindo o manto merengue.

No entanto, surpreende a presença de nomes como Marcelo, Isco e Lucas Vázquez.

Confira abaixo os 9 nomes e os motivos:

1) Gareth Bale: Seu rendimento, sua relação com Zidane, suas atitudes... O galês já esteve com um pé fora do Real Madrid em várias ocasiões, e esta pode ser a definitiva

2) James Rodríguez: Forçou um 'fico' em Madri no último verão, mas foi irrelevante na temporada do Real. Sua má relação com Zidane tampouco ajuda

3) Luka Jovic: Quando o contratou, o Real buscava gols, mas Jovic não os trouxe. Não teve a confiança de Zidane na temporada e tem muitas ofertas de clubes europeus

4) Isco: Está na rampa de saída há anos, e agora pode ser definitivo. O meia segue nos planos da Juventus, e o novo treinador da equipe, Andrea Pirlo, já demonstrou admiração por ele em várias ocasiões

5) Mariano: É o jogador que Zidane menos leva em conta na hora de escalar o time

6) Brahim Díaz: Quase não teve minutos na temporada. O normal é que o Real Madrid busque um time interessado em tê-lo por empréstimo

7) Lucas Vázquez: Nesta temporada, não foi o '12º jogador' que havia sido em outros anos. Sua falta de minutos pode fazer com que ele busque novos ares

8) Nacho: Esteve a ponto de sair já no ano passado, quando recebeu oferta da Roma. O Real Madrid busca outro zagueiro central, e ele ficaria ainda mais sem espaço

9) Marcelo: Mendy ganhou sua posição neste ano e é a primeira vez que o brasileiro perde a titularidade desde que chegou ao Real. A Juventus sempre teve interesse nele