<
>

Pepê, do Grêmio, fala sobre a responsabilidade de substituir Everton: “Muito difícil”

O Grêmio estreiou bem no Campeonato Brasileiro de 2020 e venceu, neste domingo, o Fluminense por 1 a 0. Um dos destaques do triunfo do Tricolor gaúcho foi o atacante Pepê, que substituiu Everton Cebolinha, vendido ao Benfica. O jogador de 23 anos falou sobre o peso de cumprir a função do ex-companheiro.

“A gente sabe que substituir alguém como o Everton é muito difícil. O cara era um dos melhores jogadores do futebol brasileiro, de nível de Seleção Brasileira, mas o professor Renato (Portaluppi) fala que a gente precisa estar preparado, que a oportunidade vai aparecer. Hoje pude fazer uma boa partida, mas o mais importante foi ajudar os companheiros a sair com um belo resultado”, disse ao canal Premier após a partida.

Pepê ainda relatou uma conversa com Everton antes da bola rolar.

“A gente conversou um pouco ontem, ele falou que agora é comigo. Vou procurar fazer o meu melhor aqui para deixar o meu nome na história do clube, assim como ele deixou”, concluiu.