<
>

Rafinha lamenta Maracanã vazio: 'Flamengo sem a torcida não é a mesma coisa'

Atual vencedor do Campeonato Brasileiro, o Flamengo perdeu no Maracanã por 1 a 0 para o Atlético-MG na estreia na competição em 2020. O jogo também foi o primeiro de Domènec Torrent no comando do time.

O lateral direito Rafinha lamentou a falta de torcida nos estádios por conta da pandemia, exaltando a diferença que a nação rubro-negra faz.

"O Flamengo sem a torcida não é a mesma coisa. Não sou eu que estou falando, isso vem de 30, 40 anos, mas a gente não tem outra saída. O pessoal do Flamengo está fazendo de tudo. Jogar sem torcida é muito complicado, é muito difícil. Nossa torcida é nosso 12º jogador e faz muita falta pra gente", disse o lateral, à Fla TV.

Rafinha disse que também não há motivos para crise apesar da derrota na estreia.

"Não vamos nem começar a criar essa situação, nosso treinador chegou há uma semana, seria uma falta de respeito cobrar nosso time e nosso treinador com uma semana de trabalho pela derrota, isso não existe", disse Rafinha, à Fla TV.

"Não é cabível cobrar ele, já que ele não conhece nem todos os jogadores. Perder é muito ruim, a gente não esta acostumado, mas isso não vai mudar nada pra gente, a gente vai melhorar muito", completou.

"O problema é que a gente vinha de 24 dias parado, só treinando, e o Atlético tem uma grande equipe de jogadores, muito forte, vinha jogando. Criamos ocasiões de gol, acho que é normal, primeiro jogo, fazia tempo que a gente não jogava, a gente vai melhorar com certeza", analisou.