<
>

Champions League: o quanto casos de COVID-19 do Atlético de Madrid ameaçam sequência do torneio

play
Antes da Champions, Icardi ataca de goleiro em treino do PSG e faz defesaça em cobrança de falta de Neymar (0:09)

Via Instagram @mauroicardi | Atacante mostrou que também pode 'quebrar galho' debaixo das traves (0:09)

O Atlético de Madrid confirmou dois casos positivos de COVID-19 neste domingo, véspera da viagem da equipe para Lisboa. A capital portuguesa sediará a reta final da Champions League a partir de quinta-feira, com jogos das quartas de final, semifinal e a grande decisão.

Mas o quanto esse problema relacionado ao time espanhol ameaça a realização do torneio? O jornal Mundo Deportivo divulgou detalhes do protocolo da Uefa.

Segundo a entidade que toma conta do futebol europeu, os times que tiverem casos positivos precisam fazer novamente a contraprova do exame antes de ir a campo. O Atlético de Madrid fará o procedimento nesta segunda-feira.

A Uefa diz também que, se houver o mínimo de 13 jogadores em condições de jogo, ou seja, com resultados negativos para COVID-19, a equipe pode disputar normalmente uma partida.

O Atlético de Madrid agora aguarda os novos exames para discutir a logística da viagem. A equipe tem partida marcada para quinta-feira, às 16h, contra o RB Leipzig, em duelo único pelas quartas de final. Quem avançar pega o vencedor de Atalanta x Paris Saint-Germain.