<
>

Jornal compara Paquetá a 'espumante italiano' e põe Vinicius Jr. como 'espelho' para meia se reerguer na Europa

Lucas Paquetá ainda não decolou no Milan, um ano e meio após ter sido comprado junto ao Flamengo. O jogador de 22 anos (completa 23 no fim do mês) gerou expectativa em sua chegada, mas não conseguiu se destacar, o que rendeu uma comparação inusitada em texto do jornal espanhol As.

“Com se tratasse de uma garrafa de prosecco (espumante italiano), toda a efervescência do princípio foi se apagando até ficar sem gás. 44 partidas, um gol e três assistências. Bagagem insuficiente para um jogador sobre o qual girava o Milan de um futuro próximo”, aponta a matéria assinada por Fernando Tavero.

A publicação ainda cita Vinicius Jr. como exemplo para Lucas Paquetá, após o atacante do Real Madrid ter começado no Castilla e ter se alternado, mas conseguindo apresentar um bom futebol e aparecer como um nome importante no elenco.

“Vini viveu uma autêntica montanha-russa desde que chegou ao Santiago Bernabéu, passando do Castilla a esperança, daí foi a reserva e de novo a jogador decisivo no plantel de Zidane. Esse é o espelho ao qual Paquetá deve olhar, ainda que agora a bola esteja nas mãos de Pioli (técnico do Milan), que pedia tempos atrás que necessitava que fosse ‘mais decisivo’”, aponta o texto.