<
>

D'Alessandro consegue efeito suspensivo e é liberado para o Gre-Nal decisivo do Campeonato Gaúcho

play
Companheiro de Internacional, Thiago Galhardo é só elogios para D'Alessandro: 'Com 39 anos, é um cara exemplar' (1:54)

Atleta deu entrevista exclusiva à repórter Bibiana Bolson (1:54)

Nesta quarta-feira, o TJD-RS (Tribunal de Justiça Desportiva do Rio Grande do Sul) aceitou recurso e concedeu efeito suspensivo ao meia Andrés D'Alessandro. Com isso, ele está liberado para defender o Internacional contra o Grêmio, nesta quarta-feira, às 21h30 (de Brasília), pela final do 2º turno do Campeonato Gaúcho.

Na terça, o argentino havia sido punido com dois jogos de suspensão, mais multa de R$ 5 mil, pelo TJD-RS, devido às ofensas proferidas ao presidente da Federação Gaúcha de Futebol, Luciano Hocsman, após Gre-Nal em 23 de julho, pelo Estadual.

Com isso, o argentino havia virado desfalque para o Gre-Nal decisivo, mas o Colorado conseguiu reverter a situação.

No entanto, caso o Inter avance à decisão estadual, não há garantia de que D'Ale poderá jogar o duelo contra o Caxias, que foi campeão do 1º turno.

O gringo foi julgado por dizer as seguintes palavras a Hocsman, depois de clássico disputado em Caxias do Sul.

""Está feio o teu trabalho, hein?! Está feio! E eu sei porque está feio o teu trabalho. O D'Ale fala! Deixa de se parcial, c*! Deixa de ser parcial, hein!", bradou.

Na ocasião, D'Alessandro estava bastante irritado após a derrota por 1 a 0 para o Grêmio.

O técnico Eduardo Coudet também reclamou com Hocsman, mas foi um pouco mais brando.

"Está tudo na sua conta. Fizeram o que quiseram com você. Fizeram o que quiseram!", disse.

As falas foram registradas pelo árbitro na súmula, o que levou ao julgamento no TJD-RS.