<
>

Sem Robinho, campeão turco leva baile e está eliminado na Europa League; Shakhtar faz 3 gols em 2 minutos e avança

Depois de vencer em casa o Copenhagen por 1 a 0, o Istambul Basaksehir foi derrotado por 3 a 0 e está eliminado na Europa League. O jogo válido pelas oitavas de final do torneio foi disputado no Estádio Parken, na Dinamarca, nesta quarta-feira.

O time dinamarquês, que pela primeira vez na história avançou às quartas de final, enfrentará o vencedor de Manchester United x LASK Linz. Na ida, os Red Devils venceram por 5 a 0.

Apesar de ter estendido o contrato com a equipe campeã turca nesta temporada, Robinho voltou ao Brasil para passar férias e não foi viajar para a competição europeia.

Os donos da casa abriram o placar logo aos quatro minutos de jogo. O lateral uruguaio Varela fez jogada pela direita e cruzou na medida para Wind completar de cabeça para o fundo das redes.

O time dinamarquês chegou ao segundo gol aos oito minutos da etapa final depois de Topal colocar a mão dentro da área. O juiz marcou a penalidade, que foi cobrada por Wind com categoria, no canto oposto ao do goleiro.

O terceiro gol do Copenhagen saiu com estilo. Falk roubou a bola quase no meio de campo, saiu costurando a zaga turca e chutou de pé direito no canto esquerdo do goleiro para fechar a conta.

Shakhtar passa

O Shakhtar Donetsk-UCR deslanchou no fim, venceu o Wolfsburg-ALE por 3 a 0 e avançou para as quartas de final da Liga Europa. A partida foi realizada na Volkswagen Arena, na Alemanha, nesta quarta-feira.

O time ucraniano tinha vencido em casa o jogo de ida por 1 a 0.

O adversário do time ucraniano sairá do duelo entre Eintracht Frankfurt-ALE e Basel-SUI. Os suíços venceram a ida por 3 a 0.

O Shakhtar teve seis brasileiros no time titular: Dodô, Marcos Bahia, Marlos, Alan Patrick, Taison e Júnior Moraes.

Jogando boa parte da partida com um jogador a mais, o Shakhtar só conseguiu marcar nos minutos finais. Aos 44, Dodô recebeu na direita e fez um cruzamento rasteiro para o brasileiro Júnior Moraes bater no contrapé do goleiro e anotar o primeiro.

Aos 46, em um rápido contra-ataque, Konoplyanka tocou para Salomon bater cruzado no canto esquerdo e balançar as redes.

Mais tarde, aos 48 minutos, Júnior Moraes roubou a bola do defensor e avançou para ficar cara a cara com Casteels. O atacante driblou o arqueiro e bateu para marcar seu segundo tento no jogo e dar números finais à vitória dos ucranianos