<
>

Após casos de COVID-19 no Uberlândia, Cruzeiro tem jogo cancelado pela Federação Mineira

Após o Uberlândia divulgar mais sete casos positivos de coronavírus na delegação, a Federação Mineira de Futebol decidiu cancelar o jogo contra o Cruzeiro, válido pela final do Troféu Inconfidência, que estava marcado para esta quarta-feira, às 19h, no Mineirão.

"A FMF resolve cancelar a partida entre as equipes do Cruzeiro Esporte Clube x Uberlândia Esporte Clube, válida pela Final do Troféu Inconfidência, que seria realizada nesta data, às 19:00 horas, no Estádio Mineirão, em Belo Horizonte/MG, esclarecendo que maiores detalhes serão objeto de deliberação posterior", disse a entidade por meio de um comunicado.

"Ressalte-se que as demais partidas agendadas para hoje (Tombense x Caldense e América x Atlético), válidas pelas semifinais do Campeonato Mineiro 2020, estão mantidas, já que as equipes envolvidas apresentaram 100% dos exames (RT-PCR) negativos".

A identidade dos infectados foi revelada pelo presidente do clube, Flávio Gomide, através de um vídeo postado nas redes sociais do time: os zagueiros Rogério, Plínio e Zé Vitor, o meia Clebinho, o volante Érick, o massoterapeuta João Luis e o fotógrafo Giovanni Mendes testaram positivo. Segundo o cartola, todos passam bem.

Antes, os atacantes Breninho e Dija Baiano, o volante Luiz Alexandre, o goleiro Alex, o diretor de futebol Fabrício Tavares e o roupeiro Paulo Edson tinham contraído o vírus, somando ao todo 13 casos no Uberlândia.

O Cruzeiro tinha reiterado a ideia de adiar a partida para a preservação da integridade dos profissionais e desejou pronta recuperação aos contaminados do adversário.

"Nosso posicionamento em relação à pandemia sempre foi o de se preservar a saúde e a vida de todos os profissionais envolvidos, seguindo todas as orientações de protocolo das autoridades".