<
>

Ceará garante quase R$ 6,5 milhões e já iguala o que recebeu de patrocínio em 2019 com título da Copa do Nordeste

Campeão da Copa Nordeste ao derrotar o Bahia nos dois jogos decisivos, o Ceará teve também motivos financeiros para festejar. A premiação do torneio aliada ao que já conseguiu em outras competições igualam tudo que o Vozão recebeu de patrocínio em 2019.

De acordo com o balanço do clube, o Ceará faturou R$ 6,5 milhões em patrocínios no ano passado, valor até pequeno, pois houve queda significativa em relação ao que recebeu em 2018 (R$ 9,4 milhões).

Na atual temporada, a premiação final pelo título da Copa do Nordeste correspondeu a R$ 3,87 milhões, sendo R$ 1 milhão foi pago apenas por levantar a taça. Antes, recebeu R$ 2,6 milhões pela vaga nas oitavas da Copa do Brasil. No total, R$ 6,47 milhões.

O que deixou as contas da temporada passada para cima foram as premiações em competições. A equipe faturou R$ 3,6 milhões, embora não tenha levantando nenhuma taça.

Foi vice do Campeonato Cearense, caiu nas quartas de final da Copa do Nordeste, saiu na terceira fase da Copa do Brasil e brigou contra o rebaixamento no Campeonato Brasileiro (foi 16º).

A temporada de 2020 pode ainda terminar com muito mais ganhos financeiros para o Vozão, pois a equipe está na final do Campeonato Ceareanse, na Copa do Brasil e o Brasileirão vai iniciar nesta semana.

Mas taça mesmo em 2020 somente do Estadual (ainda sem datas para a disputa com o Fortaleza), pois os demais torneios vão ser concluídos somente em 2021, como efeito da paralisação de quatro meses no futebol nacional pela COVID-19.