<
>

São Paulo perde atacante para o Athletico-PR e vê mais uma revelação sair de graça

play
Executivo de futebol do São Paulo, sobre Fernando Diniz: 'A gente perdeu dentro de campo, a gente não perdeu na área técnica' (0:44)

Alexandre Pássaro afirmou que trabalho do treinador continuou muito bom (0:44)

O atacante Fabinho, 20 anos, deixou o São Paulo sem custos e irá assinar contrato de três temporadas com o Athletico-PR.

Com isso, ele se junta uma lista de jovens formados em Cotia como Éder Militão, João Schmidt, Marquinhos Cipriano e Bissoli, que deixaram o clube de graça ou por valores baixos.

Fabinno ficou seis anos na base do clube tricolor e venceu 12 títulos, mas não teve chances no profissional.

Segundo informações publicadas pelo jornalista da ESPN Jorge Nicola em seu blog no Yahoo!, os clubes entraram em um acordo para que ocorresse a transferência.

O São Paulo terá direito a 40% em cima de uma venda futura, enquanto o restante será dividido entre o jogador (20%) e o Athletico-PR (40%).

A diretoria do clube paulista tentou renovar o contrato do atacante, mas as ofertas foram consideradas baixas pelo estafe do jogador.