<
>

Real e Barcelona deixam top 5 e ficam atrás dos Knicks em lista de mais valiosos do esporte; veja o ranking

Como faz anualmente, a revista Forbes divulgou a lista dos 50 clubes mais valiosos do mundo e os dois postos mais altos da lista continuam sendo de Dallas Cowboys (NFL) e, na sequência, New York Yankees (MLB). O líder tem um valor de US$ 5,5 bilhões (R$ 28,8 bilhões na cotação atual).

As principais mudanças aparecem em seguida, com Real Madrid e Barcelona deixando o top 5. Antes terceiro e quarto, eles agora aparecem em sexto e oitavo, respectivamente, mantendo os mesmos valores do ano passado.

O Manchester United também continua avaliado na mesma quantia do que em 2019, o que o fez perder quatro posições e agora fechar o top 10.

Embora tenha ocorrido trocas de posições, os dez primeiros da lista seguem os mesmos do ano passado, com o único detalhe para a saída do Los Angeles Dodgers (MLB), que estava empatado com o New York Giants (NFL) na décima colocação.

O estudo ainda aponta que a franquia que esteve em uma posição mais alta sem ser da NFL, da NBA, da MLB ou do futebol europeu foi o New York Rangers, da NHL, com um valor de mercado de US$ 1,65 bilhão, que o deixa no 70º posto.

Confira abaixo os 10 primeiros da lista (mudança de posição):

1 - Dallas Cowboys (NFL) - US$ 5,5 bilhões (0)

2 - New York Yankees (MLB) - US$ 5 bilhões (0)

3 - New York Knicks (NBA) - US$ 4,6 bilhões (+2)

4 - Los Angeles Lakers (NBA) - US$ 4,4 bilhões (+4)

5 - Golden State Warriors (NBA) - US$ 4,3 bilhões (+4)

6 - Real Madrid (LaLiga) - US$ 4,24 bilhões (-3)

7 - New England Patriots (NFL) - US$ 4,1 bilhões (0)

8 - Barcelona (LaLiga) - US$ 4,02 bilhões (-4)

9 - New York Giants (NFL) - US$ 3,9 bilhões (+1)

10 - Manchester United (Premier League) - US$ 3,81 bilhões (-4)