<
>

Cruzeiro é condenado a pagar quase R$ 3 milhões a Mano Menezes

play
Gestor do Botafogo-SP diz que se Cruzeiro e Botafogo quiserem ter 'viabilidade', transformação em S/A é a solução (1:00)

Adalberto Baptista exaltou que a tendência é que brigas políticas acabem em empresas (1:00)

O Cruzeiro amarga mais uma notícia terrível para abalar a sua parte financeira. Na noite desta sexta-feira, a equipe de Belo Horizonte foi condenada a pagar R$ 2.843.679,61 ao técnico Mano Menezes.

A decisão ainda é em primeira instância e foi proferida pela juíza Solainy Beltrão dos Santos.

O processo está na 43ª Vara do Trabalho de Belo Horizonte.

Inicialmente, Mano Menezes pedia R$ 4.323.934,00, alegando que foi demitido, em agosto de 2019, sendo que o seu contrato era válido até dezembro.

Além disso, solicitou uma série de outras indenizações.

As partes tiveram um encontro virtual na terça-feira, porém não houve acordo.

Agora, o Cruzeiro deve recorrer desta decisão inicial.