<
>

Paulista: Ponte vira sobre o Santos na Vila Belmiro e encara Palmeiras na semifinal; Marinho é expulso

A Ponte Preta venceu o Santos por 3 a 1, de virada, nesta quinta-feira, em plena Vila Belmiro, pelas quartas-de-final do Campeonato Paulista, e avançou para enfrentar o Palmeiras na semifinal do Estadual.

O resultado se deve em boa parte ao atacante Marinho, que abriu o placar para o Alvinegro no início. No entanto, foi expulso em um lance bobo ainda na etapa inicial, o que motivou o time do interior paulista a partir com tudo para cima e buscar o triunfo.

A derrota também entra bem na conta do goleiro santista Vladimir, que foi muito mal nos dois primeiros tentos ponte-pretanos. E vale salientar que Ivan também falhou no lance do gol praiano.

Em campo, a Macaca deu susto ao mandar bola no travessão, mas o Peixe não demorou para abrir o placar e balançou a rede praticamente em seu 1º ataque.

Em joga jogada, Soteldo levou pela esquerda, passou por Apodi e cruzou. O goleiro Ivan, que é monitorado pelo Barcelona e já serviu a seleção brasileira, saiu "catando borboleta" e Marinho apareceu no 2º pau para mandar de cabeça para dentro.

Na sequência do gol, porém, a partida ficou muito feia, com erros constantes das duas equipes e muitas faltas violentas, com o árbitro Salim Fende Chavez tendo uma atuação para lá de confusa.

E as trocas de "gentilezas" entre os atletas resultaram na expulsão do atacante santista Marinho, aos 42 do 2º tempo.

O camisa 11 já tinha cartão amarelo, e acertou um sopapo no rosto de Dawhan. Levou outro amarelo e acabou indo mais cedo para o chuveiro - com isso, ele é desfalque certo para a semifinal.

No intervalo, o técnico João Brigatti fez duas mudanças na Ponte e mandou seu time para cima buscar o empate.

E ele foi rapidamente recompensado: aos 5 minutos, Bruno Rodrigues aproveitou sobra de bola na área e mandou de cabeça por baixo das pernas de Vladimir para igualar.

A Macaca seguiu melhor, e, em mais um lance muito ruim de Vladimir, conquistou a virada.

Aos 17, Bruno Rodrigues mandou uma bomba de longe e o goleiro santista rebateu para o meio da área. Bem colocado, Moisés só empurrou para as redes.

Depois disso, o técnico Jesualdo Ferreira até tentou "ressuscitar" o Santos com as entradas de Jobson e Jean Mota, mas viu seu time seguir sem produzir nada.

A Ponte ainda quase ampliou aos 30 minutos, quando Roger apareceu livre na pequena área, mas cabeceou por cima.

No desespero, o Peixe seguiu tentando atacante, e acabou castigado com mais um um gol - na verdade, um golaço.

Aos 43, João Paulo tirou a marcação na intermediária e soltou um balaço de perna esquerda. Vladimir voou, mas viu a bola morreu em seu canto direito.

Fim de Campeonato Paulista para o Santos, e a Macaca vai firme e forte para a semifinal.

Ficha técnica

Santos 1 x 3 Ponte Preta

GOLS: Santos: Marinho Ponte Preta: Bruno Rodrigues, Moisés e João Paulo

SANTOS: Vladimir; Pará, Lucas Veríssimo, Luan Peres e Felipe Jonatan; Alison (Jobson), Diego Pituca (Jean Mota) e Carlos Sánchez; Soteldo, Marinho e Kaio Jorge (Arthur Gomes) Técnico: Jesualdo Ferreira

PONTE PRETA: Ivan; Apodi, Wellington Carvalho, Henrique Trevisan e Guilherme Lazaroni; Dawhan, Vinícius (Bruno Reis) e João Paulo (Darnlei); Jeferson (Moisés), Bruno Nascimento e Alisson Safira (Roger) Técnico: João Brigatti


Estatísticas

gol de Marinho em 4 jogos pelo Santos na temporada

expulsão de Marinho pelo Santos na temporada

jogo seguido que o Santos tem um jogador expulso

O 1º tempo teve 20 faltas: 11 do Santos, 9 da Ponte Preta

gol de Bruno Rodrigues em 15 jogos pela Ponte na temporada

Os 4 gols de Bruno Rodrigues pela Ponte foram de cabeça

gol de Moisés em 3 jogos pela Ponte na temporada

gol de João Paulo em 15 jogos pela Ponte na temporada


Próximos jogos

A Ponte aguarda para saber o dia do jogo contra o Palmeiras, pela semi.

Vale salientar que o Verdão será mandante.

  • Domingo, 09/08, Santos x Red Bull Bragantino, 16h*, Brasileiro

*horário de Brasília