<
>

Premier League: Fundo saudita desiste de compra bilionária do Newcastle

O grupo formado pelo Fundo de Investimento Público Saudita, PCP Capital Partiners e RB Sports & Media anunciou, nesta quinta-feira, que desistiu da compra do Newcastle.

A decisão, informada através de nota oficial, põe fim a um negócio que, segundo a imprensa britânica, ultrapassaria 300 milhões de libras (mais de R$ 2 bilhões na cotação atual).

Segundo o texto, no qual anuncia a “retirada do interesse em seguir no processo de compra do Newcastle”, o grupo justifica a decisão com base na “falta de clareza” em relação ao futuro.

“Com um profundo apreço pela comunidade de Newcastle e o tamanho de seu clube de futebol, nós tomamos a decisão de retirar nosso interesse em adquirir o Newcastle. Lamentamos, já que estávamos empolgados e totalmente comprometidos em investir na grande cidade de Newcastle e acreditamos que poderíamos ter retornado o clube à posição de sua história, tradição e ao que os torcedores merecem”, diz um trecho do comunicado.

“Ultimamente, durante um processo inesperadamente prolongado, o acordo comercial entre o grupo de investimento e os donos do clube expirou, e nossa tese de investimento não poderia se sustentar, particularmente sem clareza com as circunstâncias com as quais a próxima temporada vai começar e as novas regras para jogos, treinos e outras atividades”, acrescenta.

Não faltaram controvérsias no processo de compra do Newcastle desde o início, porém. Em abril, por exemplo, a Anistia Internacional formalizou preocupação à Premier League para que a venda fosse barrada, pela ligação da Arábia Saudita com violações de Direitos Humanos.