<
>

Meia do Manchester United detalha problemas na temporada e diz que se perdeu 'como jogador e pessoa'

Jesse Lingard falou abertamente dos problemas pessoais que enfrentou nos últimos meses e afetaram sua carreira. Em uma postagem nas redes sociais, o meia do Manchester United disse que se perdeu como jogador e pessoa na última temporada.

Foi dele o gol que fechou a vitória por 2 a 0 sobre o Leicester City, domingo, e garantiu a classificação do United à próxima Champions League. Foi seu primeiro gol em 18 meses na Premier League, jejum que o fez perder espaço no elenco. Foram apenas nove jogos em 2019-20.

"Esta temporada foi muito difícil para mim por muitos motivos", disse Lingard, em postagem no Instagram.

"Perdi quem eu sou como jogador e pessoa, mas nunca quis desistir. Eu sempre soube quem sou dentro e fora do campo. Sabia também que podia atingir o nível de antes novamente. Isso significava trabalhar como nunca e confiar nas pessoas que estavam a meu lado, exigindo o meu melhor".

Em uma entrevista ao Daily Mail em dezembro, Lingard disse que precisou assumir mais responsabilidade por seus irmãos mais novos, após a doença da mãe, no começo da temporada.

Também disse que temeu pelo seu futuro no United, após postar um vídeo polêmico com o colega Marcus Rashford, antes da Premier League começar.

"Sei que os torcedores ficaram frustrados, mas em todo esse tempo, meu amor por este clube e por todos aqui nunca foi embora", disse Lingard, revelado na base do United. "Este clube é a minha família e vou continuar trabalhando duro como nunca para ajudar o time a atingir seus objetivos".

A saída de Lingard foi motivo de especulação no clube, já que o camisa 14 tem menos de um ano de contrato com o Manchester United.