<
>

De 'ressaca', Juventus toma gol de filho de Simeone e é derrotada pelo Cagliari

Campeã italiana na última rodada, a Juventus entrou em campo nesta quarta-feira "de ressaca".

A equipe visitou o Cagliari pela 37ª rodada do Campeonato Italiano em uma partida feita apenas para cumprir tabela para ambas as equipes e foi derrotada por 2 a 0. Gagliano abriu o placar e Giovanni Simeone, filho do técnico do Atlético de Madrid, ampliou.

O resultado não influi em nada na tabela, afinal, a Juventus segue líder com 83 pontos e não pode mais ser alcançada pela Internazionale e o Cagliari se mantém na 13ª posição, agora com 45 pontos e sem nenhuma briga para a última rodada.

Ainda em ritmo de comemoração, a Juventus demorou a entrar em campo e quando percebeu já perdia por 1 a 0, com o gol de Gagliano vindo antes dos 10 minutos de jogo. Depois do baque do gol, a Velha Senhora começou a entrar no jogo e ir pra cima dos donos da casa, mas não conseguiu o empate.

Ao contrário, tomou o segundo nos acréscimos, na única escapada de contra-ataque do Cagliari na primeira etapa. Giovanni Simeone recebeu na entrada da área, ajeitou e bateu bonito para fazer 2 a 0.

Na segunda etapa, o ritmo caiu bastante e nenhum dos dois goleiros praticamente trabalhou - Buffon chegou a fazer um milagre em voleio de Simeone, mas o argentino estava impedido. No último lance da partida, Cragnio fez uma defesa espetacular em um chute de muito longe de Zanimacchia.

Ficha técnica

Cagliari 2 x 0 Juventus

GOLS: Gagliano e Giovanni Simeone (CAG)

CAGLIARI: Cragno, Walukiewicz, Ceppitelli e Klavan; Faragò, Ionita, Rog, Matiello e João Pedro; Gagliano e Giovanni Simeone; Técnico: Walter Zenga

JUVENTUS: Buffon, Cuadrado, Rugani, Bonucci e Alex Sandro; Pjanic, Muratore e Bentancur; Bernardeschi, Higuaín e Cristiano Ronaldo;. Técnico: Maurizio Sarri

Estatísticas

A Juventus sofreu 2 gols no primeiro tempo na Serie A pela primeira vez desde 26 de agosto de 2017

Era uma sequência de 111 jogos sem sofrer dois gols na primeira etapa para a Juve

A última vez que a Juventus havia ido ao intervalo perdendo por 2 ou mais gols havia sido em 27 de novembro de 2016

Na ocasião, a equipe perdia por 3 a 0 do Genoa e acabou derrotada por 3 a 1

O Cagliari havia perdido 2 e empatado 1 das últimas 3 vezes em que havia ficado na frente da Juve

O Cagliari não vencia a Juventus desde 2009


Cagliari constrói placar na 1ª etapa

Jogando em casa e aproveitando uma Juventus de ressaca e pouco interessada no jogo, o Cagliari não demorou para abrir o placar. Um cruzamento da direita ultrapassou toda a área e encontrou Federico Matiello livre do outro lado da área. O jogador dominou e cruzou rasteiro para a marca do pênalti aonde Luca Gagliano estava livre para soltar a bomba e inaugurar o placar para os donos da casa.

Depois do gol, a Juve foi em busca do empate e deixou espaços para o contra-ataque do Cagliari, que não conseguia aproveitar os lances até os acréscimos. Aos 46 da primeira etapa, os donos da casa acharam uma boa escapada de contra-ataque e Gagliano serviu Giovanni Simeone. O filho do técnico do Atlético de Madrid dominou e bateu com categoria da meia-lua, colocando a bola no canto de Buffon e fazendo 2 a 0.


Ritmo muito baixo na segunda etapa

Na segunda etapa, o ritmo caiu bastante e nenhum dos dois goleiros praticamente trabalhou - Buffon chegou a fazer um milagre em voleio de Simeone, mas o argentino estava impedido.

No último lance da partida, Cragnio fez uma defesa espetacular em um chute de muito longe de Zanimacchia.


Próximos jogos

Agora, as equipes encerram o Italiano no próximo final de semana.

  • Sábado, 1/8, 15h45*, Juventus x Roma

  • Sábado, 1/8, 15h45*, Milan x Cagliari

*horário de Brasília