<
>

Massacre: Brasil teve o triplo de campeões do que a Argentina nas principais ligas da Europa; veja todos

play
Rodrygo dá bastidores da relação com Modric e brinca com fala do croata: 'Me respeita que tenho idade para ser seu pai!' (0:45)

Jogador do Real Madrid falou sobre a amizade que existe entre os dois - via @rodrygogoes (0:45)

Com o título da Juventus confirmado no último domingo, todos os campeões nacionais das principais ligas da Europa da temporada 2019/20 foram conhecidos. E quem tem motivos de sobra para festejar é o futebol brasileiro. O país teve três vezes mais campeões do que a Argentina.

Ao todo, foram 15 brasileiros campeões por Juventus, Real Madrid, Liverpool, Paris Saint-Germain (única liga com encerramento precoce) e Bayern de Munique contra cinco argentinos nessas mesmas equipes.

O “placar” dentro da própria Juventus foi um dos mais apertados. São três brasileiros (Danilo, Alex Sandro e Douglas Costa) e dois argentinos (Dybala e Higuaín) no elenco.

Já o Paris Saint-Germain tem o “placar” mais democrático, com três brasileiros (Thiago Silva, Marquinhos e Neymar) e três argentinos (Paredes, Di Maria e Icardi), mas o campeonato não foi encerrado em campo. A Liga Francesa tomou a decisão após mensagem do governo francês dizendo que o futebol não seria liberado no país “antes de setembro” por causa da COVID-19.

Na Espanha, o Real Madrid foi campeão sem qualquer argentino no elenco, e os brasileiros que fizeram a festa foram muitos: Éder Militão, Marcelo, Casemiro, Rodrygo e Vinicius Jr.

O Liverpool também voltou a festejar uma conquista nacional (após um jejum de 30 anos) com brasileiros e sem argentinos. Os “brazucas” campeões foram Alisson, Fabinho e Firmino.

Por fim, o primeiro campeão (em campo) após a retomada das competições, o Bayern de Munique, teve um brasileiro apenas. Foi Philippe Coutinho, fechando a conta em 15 brasileiros.

Ela poderia aumentar para 16 se fossemos considerar o meia-atacante Oliver Batista Meier, que é filho de pai alemão e mãe brasileira. Ele fez um jogo na Bundesliga.

A conta também aumenta se o Porto, campeão português, for considerado na lista. A equipe tinha três brasileiros (Alex Telles, Otávio e Francisco Soares) e um argentino (Marchesín).

Brasileiros x Argentinos campeões

Bayern: Philippe Coutinho
Juventus: Danilo, Alex Sandro e Douglas Costa x Dybala e Higuain
Liverpool: Alisson, Fabinho e Firmino
Porto: Alex Telles, Otávio e Francisco Soares x Marchesín
PSG: Thiago Silva, Marquinhos e Neymar x Paredes, Di Maria e Icardi
Real Madrid: Éder Militão, Marcelo, Casemiro, Rodrygo e Vinicius Jr.

play
1:07

Maurizio Sarri leva banho de espuma em comemoração da Juventus e vira champanhe gigante

Pela nona vez seguida e a 36ª vez na história, a Juventus é campeã da Série A! A equipe confirmou a conquista com duas rodadas de antecedência ao vencer a Sampdoria por 2 a 0, em casa, neste domingo