<
>

Classificação do Corinthians com ajuda do São Paulo rende em reunião: 'Nós que vamos pagar o pato'

play
Apesar da classificação, Unzelte acredita que Corinthians não voltou melhor da parada: 'Time que ainda vive muito da bola parada' (1:43)

Equipe de Tiago Nunes conseguiu avançar para a fase mata-mata do Paulista após vitória por 2 a 0 sobre o Oeste (1:43)

Antes da reunião entre os presidentes dos clubes paulistas classificados para as quartas de final do campeonato Estadual começar, a classificação do Corinthians à fase final, obtida com vitória sobre o Oeste e também a ajuda do São Paulo, que bateu o Guarani, virou motivo de brincadeiras e também agradecimento.

O encontro entre os dirigentes ocorreu no fim da tarde desta segunda-feira (27) por videoconferência, com o presidente da Federação Paulista, Reinaldo Carneiro Bastos, para definir datas, horários e mandos de campo dos jogos do mata-mata (veja aqui).

No bate papo inicial, enquanto todos estavam testando suas conexões, Andrés Sanchez, presidente do clube alvinegro, disse que não esperava nada diferente do São Paulo e elogiou o comprometimento do clube do Morumbi com a competição.

O time tricolor até escolou uma equipe com jogadores da base, mas bateu o Guarani por 3 a 1, em Santos.

No último sábado, o mandatário corintiano deu uma entrevista criticando profissionais da imprensa que diziam ser favoráveis ao São Paulo entregar a vitória ao Guarani, não dando chance para o Corinthians brigar pelo título do Campeonato Paulista.

A reportagem apurou que o assunto acabou provocando uma brincadeira de Marquinho Chedid, o presidente do Red Bull Bragantino, durante os primeiros minutos da reunião. Ele disse: “Eu não tenho nada a agradecer ao Leco [Carlos Augusto de Barros e Silva, o presidente são-paulino] porque o São Paulo classificou o Corinthians e agora nós é que vamos pagar o pato”.

Os dois times estavam no grupo D, com a equipe de Bragança Paulista tendo feito melhor campanha (23 pontos em 12 rodadas), enquanto os corintianos somaram 17. O confronto entre eles será noo Morumbi, casa do São Paulo, na quinta-feira (30).

Ainda na abertura da reunião, a situação da Ponte Preta na competição também acabou repercutindo entre os presidentes. A equipe estava ameaçada de rebaixamento a duas rodadas do fim da fase de classificação quando o torneio foi retomado.

Com duas vitórias, a equipe conseguiu sair da zona da degola e ficar com um vaga nas quartas, enquanto o rival Guarani (antes na zona de classificação) perdeu os dois jogos e foi eliminado.

O presidente ponte-pretano, Sebastião Arcanjo, foi elogiado pelos colegas. A equipe campineira vai enfrentar o Santos, também na quinta-feira, na Vila Belmiro, em Santos, às 21h30.

Os outros confrontos das quartas de final vão opor São Paulo x Mirassol, no Morumbi, e Palmeiras x Santo André, no Allianz Parque, ambos os jogos marcados para quarta-feira (29).