<
>

Léo Natel é apresentado pelo Corinthians e tenta se desvincular de passado no São Paulo

Léo Natel foi apresentado pelo Corinthians na tarde desta quinta-feira e, além de mostrar desejo de brilhar pelo Timão, o atacante de 23 anos também fez questão de se desvincular do passado no São Paulo. Em diversos momentos, o novo reforço alvinegro usou a expressão “meu antigo clube” ao se referir a passagem pelo Tricolor do Morumbi.

“Acho que não tem nada a ver isso, o tempo que eu passei lá já se encerrou, minha trajetória agora é aqui, meu foco é aqui. é seguir minha carreira”.

Gaúcho, o jogador fez a base no Benfica e chegou ao São Paulo em 2016, na categoria Sub-19. Sem oportunidade no time profissional, se transferiu e jogou por Fortaleza e Apoel, do Chipre. O vínculo com o Corinthians vai até dezembro de 2024.

Muito feliz de estar aqui, acho que agora tem tudo para mostrar meu futebol num grande clube, que é o Corinthians. Só dizer a todos que eu vou dar tudo em campo, vou dar 100%. Agora é chegar aqui e mostrar para todos que ainda não me conhecem que eu tenho condições de estar aqui”.

Durante a entrevista por vídeo conferência, Léo Natel explicou que joga nas duas pontas do ataque, mas tem preferência pelo lado esquerdo. Tiago Nunes, no entanto, ainda deve demorar para contar com o atleta, que não atua em uma partida oficial desde de maio de 2019 e chegou a ser colocado para treinar separado na Barra Funda depois que comunicou a diretoria são-paulina de que não renovaria seu contrato.

“Quando eu retornei ao Brasil, eu vinha trabalhando, e depois aconteceu a pandemia. Fui para Porto Alegre, que é de onde eu sou, vinha trabalhando lá, treinando, e agora retornei, mas com bola eu treinei lá. Aqui, ainda estou fazendo alguns trabalhos físicos para estar presente nos treinos e acredito que, pela minha genética, o mais rápido possível eu vou estar em campo para dar muitas alegrias”.

O Corinthians não revelou quanto custou o acordo com Léo Natel, apesar de ter firmado vínculo com o atleta livre no mercado, e nem quanto adquiriu dos direitos econômicos do atacante.

Com a saída de Yony González, a corrida para que Léo Natel fique pronto o quanto antes para ao menos ser opção no banco de reservas do time principal é grande. Neste momento, Janderson e Everaldo são os principais postulantes à titularidade no setor.