<
>

Messi garçom, Lewandowski artilheiro e Atalanta perfeita; veja os líderes de estatísticas na volta do futebol

A volta do futebol europeu já teve o Bayern de Munique conquistando a Bundesliga, o Liverpool assegurando a taça na Premier League, a Juventus e o Porto abrindo vantagem na liderança em seus campeonatos e o Real Madrid ultrapassando o Barcelona na liderança de LaLiga.

E o que mais aconteceu desde o retorno do futebol no continente?

O ESPN.com.br fez um levantamento de cinco estatísticas de jogadores e cinco de equipes para destacar alguns pontos do que já ocorreu desde o retorno do futebol entre os cinco países acima destacados. Só foram considerados os jogos das ligas nacionais.

Como há uma diferença entre a quantidade de partidas disputadas por cada equipe – por exemplo: a Bundesliga voltou antes e já acabou -, foi levado em conta a média por jogo em relação a cada estatística.

No caso dos dados referentes aos atletas, só foram considerados os jogadores que tenham atuado ao menos cinco vezes.

Confira abaixo as estatísticas consideradas e quem são os líderes entre os cinco campeonatos levados em conta:

Conteúdo patrocionado por Samsung, Sportingbet e Ford

Gols

Robert Lewandowski – O polonês deu sequência a sua incrível temporada, marcando nove gols nos últimos oito jogos do Bayern de Munique, alcançando uma média de 1,13 gol por jogo. O polonês fechou o Alemão com 34 tentos, sendo o artilheiro pela quinta vez na carreira – a terceira consecutiva.

Assistências

Lionel Messi – Além de ter alcançado o gol 700 de sua carreira, o craque do Barcelona tem sido o grande garçom do futebol europeu, com sete assistências em oito partidas em LaLiga (média de 0,88 assistências por jogo). Ele é o líder no quesito na competição, com 19 passes, nove a mais do que o seu principal concorrente – Mikel Oyarzabal (Real Sociedad).

Aproveitamento de passes

Rodri – O volante do Manchester City acumulou 96,4% no aproveitamento nos cinco jogos que disputou na Premier League desde o retorno da competição, sendo titular em quatro ocasiões. No período, ele deu 309 passes e acertou 298.

Defesas de goleiros

Gabriel – Revelado pelo Cruzeiro, o goleiro brasileiro da Lecce registra uma média de 5,6 defesas por jogo, tendo atuado cinco vezes (28 intervenções no total). E olha que as tarefas não foram nada fáceis, uma vez que ele fez oito defesas contra a Lazio, oito contra a Juventus e sete diante do Milan. De qualquer forma, a Lecce tem a pior defesa do campeonato, com 71 gols sofridos, sendo que 15 ocorreram nos confrontos após o retorno da competição. Alexander Schwolow, do Freiburg, realizou um total de 38 defesas, mas atuou em oito oportunidades.

Desarmes

Joel Ward e Yves Bissouma - O lateral-direito do Crystal Palace e o meio-campista do Brighton somam cada um 14 desarmes nos cinco confrontos que disputaram até aqui desde a volta da Premier League, o que dá uma média de 2,8 por jogo. Kevin Mbabu, do Wolfsburg, até lidera no geral com 23 desarmes, mas esteve em campo em nove partidas.

Gols marcados

Manchester United, Manchester City, Bayern de Munique, Milan e Juventus - Os cinco clubes têm uma média de três gols por jogo no período, sendo que o time alemão fez nove gols em 27 partidas. O City tem 18 tentos em seis confrontos. A dupla italiana e o Manchester United possuem 15 gols em cinco duelos cada.

Gols sofridos

Real Madrid - Os merengues têm uma média de 0,29 gols sofridos por jogo, sendo que foram vazados apenas duas vezes em sete jogos. Não à toa, o time de Zinedine Zidane detém a melhor defesa do Espanhol, com apenas 21 gols sofridos em 34 partidas. O Porto aparece na sequência com uma média de levou 0,43 gols por jogo, após sete partidas disputadas desde o retorno do Campeonato Português.

Posse de bola

Barcelona – Os catalães totalizam para 69,5% em oito jogos disputados desde o retorno de LaLiga, uma quantia mais de 3% superior ao que registra o Manchester City (66,3% em seis partidas), que é o segundo na lista.

Aproveitamento de pontos

Bayern de Munique, Real Madrid e Atalanta – Das cinco ligas, estes são os únicos times que venceram todos os seus jogos até o momento desde o retorno do futebol. O Bayern de Munique ganhou todas as nove partidas finais na Bundesliga, sem contar a semifinal e a decisão da Copa da Alemanha. O Real Madrid triunfou em todos os seus sete confrontos, um a mais do que a Atalanta. No caso da equipe italiana, ela já vinha de uma sequência antes da paralisação, então soma nove triunfos seguidos na Série A, da mesma forma que os alemães triunfaram em seus 13 últimos compromissos em seu campeonato nacional.

Finalizações

Inter de Milão – A equipe de Antonio Conte tem uma média de 19,17 finalizações nos seis jogos que disputou, sendo um total de 115 conclusões e 16 gols anotados. O segundo colocado no quesito finalizações é o City, com média de 18,83, sendo 113 conclusões em seis partidas.