<
>

FPF libera novas inscrições, e Corinthians agora só depende da CBF para ter Jô no dérbi

A Federação Paulista de Futebol resolveu atender ao pedido de diversos clubes da Série A1 e flexibilizou o regulamento da competição. Após reunião por videoconferência na manhã desta quinta-feira, ficou decidido que as equipes poderão inscrever novos jogadores para a sequência da disputa do Campeonato Paulista.

Não há limite de atletas e os clubes terão dois dias para preparar toda a documentação, já que a janela de novas inscrições acontecerá apenas dias 20 e 21 de julho. No dia 22, os times voltarão a campo pela 11ª e penúltima rodada da primeira fase.

Com isso, o Corinthians ficou mais perto de ter Jô contra o Palmeiras, na Arena. Antes, o regulamento previa apenas quatro trocas na lista, e a permissão seria dada exclusivamente aos classificados às quartas de final.

Agora, o Corinthians aguarda apenas a Confederação Brasileira de Futebol decidir pela abertura da janela de transferências no país. O período para clubes locais registrarem jogadores oriundos do futebol do exterior era de 1º a 31 de julho, mas foi adiado por causa da pandemia do coronavírus e segue sem data confirmada.

A expectativa é que na próxima semana a CBF se pronuncie e faça o novo anúncio. A partir disso, a diretoria alvinegra correrá com a burocracia para que o nome de Jô apareça no Boletim Informativo Diário.

A inscrição de Jô no Campeonato Paulista depende primeiro do registro no BID.

Jô não entra em campo desde o dia 7 de dezembro de 2019. Na última temporada, o atacante conviveu com lesões e marcou apenas oito gols em 37 partidas pelo Nagoya Grampus-JAP, seu ex-clube. O ano anterior foi melhor para o brasileiro, que salvou o time do rebaixamento com 24 gols em 37 jogos.

A equipe do Parque São Jorge não vence há seis rodadas no Paulistão, é apenas a 10º colocada na classificação geral, com 11 pontos, só dois pontos a mais que a Ponte Preta, primeiro membro da zona de rebaixamento.

As chances de classificação também são remotas, pois o Guarani já soma 16 pontos e o Bragantino 17 pontos. A Ferroviária fecha o grupo D com os mesmos 11 pontos.