<
>

Manchester City: Guardiola elogia Jesus e fala de aprendizado com Liverpool em entrevista exclusiva

play
Guardiola usa camisa contra o fascismo em exclusiva para a ESPN e pede: 'Quero que meus filhos vejam um mundo mais justo' (1:34)

Técnico do Manchester City conversou com exclusividade com a correspondente Natalie Gedra (1:34)

Depois de ser bicampeão da Premier League, o Manchester City viu o Liverpool ser dominante e não dar chances na atual edição, ficando com o título com uma antecedência recorde. De qualquer forma, sempre há algo positivo para se tirar.

“Quando perde, nem sempre é um desastre, porque pode encontrar coisas positivas. O que aprendi foi que o Liverpool foi campeão por ter sido muito melhor. Se estão 23 pontos à frente é porque foram muito melhores. E que não se pode vencer sempre nos esportes”, declarou Pep Guardiola em entrevista exclusiva à ESPN Brasil.

“Se tem curiosidade, e vontade de aprendizagem, cada ano é melhor que o anterior, disso não há dúvida. Se vive de que 'não necessito de nada mais, que tudo que fiz é o que me serve para tentar voltar a ganhar', então ficará um pouco estagnado.”

A vontade de aprender e buscar um ano melhor que o seguinte não significa que o City tenha tido uma temporada ruim. Muito pelo contrário. O time já conquistou a Copa da Liga Inglesa, a Supercopa da Inglaterra e está na semifinal da Copa da Inglaterra e nas oitavas de final da Champions League.

Porém, na Premier League, a tarefa parece ser um tanto complicada em um futuro próximo. O Manchester United viu o time melhorar muito após a chegada de Bruno Fernandes e não perde há 16 partidas oficiais, enquanto que o Chelsea já contratou nomes como Timo Werner, Hakim Ziyech e está na frente na disputa por Kai Havertz.

“Creio que o United já está de volta. O Chelsea vai estar também, eles contrataram dois jogadores e vão contratar mais. Sim, creio que a liga é cada vez mais forte, mais dura, mais difícil”, declarou Guardiola.

De qualquer forma, o City continua sendo um dos times mais fortes do mundo, sendo que Kevin de Bruyne é um de seus astros, alguém que já fez o próprio técnico espanhol sofrer no passado.

“Lembro que sofri quando eu estava no Bayern de Munique e ele no Wolfsburg. Sofri quando nos tiraram um Supercopa no último minuto. E ele já tinha muitas das características que tem agora, muitas”, afirmou Guardiola, que ainda fez elogios a outro atleta de seu elenco: Gabriel Jesus.

“Quero que ele melhore, sei que às vezes ele gosta de jogar mais pelos lados. Mas acho que ele também tem boas condições para jogar como centroavante. E é isso, é um ótimo garoto”, disse o treinador sobre o brasileiro, que marcou na goleada do City sobre o Newcastle nesta quinta-feira.

Elogios também se deram ao Sheffield United, que acabou de subir à Premier League e faz uma campanha surpreendentemente positiva. A equipe está na sétima posição com 51 pontos, brigando por um vaga em competições europeias.

“Na minha carreira, há muitos (times que influenciaram ou impressionaram). Por exemplo, aqui não conhecia o Sheffield, e fazem uma coisa que não tinha visto nunca, e aprendi algo que eu gosto muito do que fazem”, disse Guardiola.

Confira abaixo diferentes trechos da entrevista coletiva com Pep Guardiola:

Mobilização social e camisa contra o fascismo

Pep Guardiola: Precisamos estar ao lado dos que são desfavorecidos. Nós, que tivemos sorte só por fazermos uma coisa bem, em um mundo onde se fala muito e se movimenta muito dinheiro. (...) (A camisa) foi um presente de um grande amigo meu. E como sabia que apareceria na ESPN, pensei: 'Hoje, vou usá-la!'.

play
1:34

Guardiola usa camisa contra o fascismo em exclusiva para a ESPN e pede: 'Quero que meus filhos vejam um mundo mais justo'

Técnico do Manchester City conversou com exclusividade com a correspondente Natalie Gedra

Aprendizado da temporada

Pep Guardiola: Quando perde, nem sempre é um desastre, porque pode encontrar coisas positivas. O que aprendi foi que o Liverpool foi campeão por ter sido muito melhor. Se estão 23 pontos à frente é porque foram muito melhores. E que não se pode vencer sempre nos esportes.

play
1:22

Guardiola diz que City vai aprender com título do Liverpool: 'Perder nem sempre é um desastre'

Técnico do Manchester City conversou com exclusividade com a correspondente Natalie Gedra

Gabriel Jesus

Pep Guardiola: Os números dele são bons, só quero que o Gabriel esteja feliz. E que jogue como no dia contra o Southampton em que perdemos. Mas acho que ele esteve incrivelmente bem. Quero que ele melhore, sei que às vezes ele gosta de jogar mais pelos lados. Mas acho que ele também tem boas condições para jogar como centroavante. E é isso, é um ótimo garoto.

play
0:55

Guardiola elogia Gabriel Jesus e evita comparação com Aguero no City: 'Disposto a ajudar desde o primeiro dia'

Técnico do Manchester City conversou com exclusividade com a correspondente Natalie Gedra

De Bruyne

Pep Guardiola: Lembro que sofri quando eu estava no Bayern e ele no Wolfsburg. Sofri quando nos tiraram um Supercopa no último minuto. E ele já tinha muitas das características que tem agora, muitas.

play
1:04

Guardiola fala sobre evolução de De Bruyne e relembra: 'Sofri contra ele quando estava no Bayern'

Técnico do Manchester City conversou com exclusividade com a correspondente Natalie Gedra

Importância de seguir aprendendo

Pep Guardiola: Se tem curiosidade, e vontade de aprendizagem, cada ano é melhor que o anterior, disso não há dúvida. Se vive de que 'não necessito de nada mais, que tudo que fiz é o que me serve para tentar voltar a ganhar', então ficará um pouco estagnado.

play
1:05

Barça, Bayern, City... Guardiola conta o que mudou durante sua carreira como treinador

Técnico do Manchester City conversou com exclusividade com a correspondente Natalie Gedra

Premier League mais difícil

Pep Guardiola: Sim, creio que o United já está de volta. O Chelsea vai estar também, eles contrataram dois jogadores e vão contratar mais. Sim, creio que a liga é cada vez mais forte, mais dura, mais difícil.

play
1:05

United 'de volta' e Chelsea se reforçando: Guardiola prevê cada vez mais desafios para o City na Premier League

Técnico do Manchester City conversou com exclusividade com a correspondente Natalie Gedra

Elogio ao Sheffield

Pep Guardiola: Na minha carreira, há muitos (times que influenciaram ou impressionaram). Por exemplo, aqui não conhecia o Sheffield, e fazem uma coisa que não tinha visto nunca, e aprendi algo que eu gosto muito do que fazem.

play
0:56

Guardiola fala sobre suas inspirações no futebol e revela: 'Aprendi algo com o Sheffield que nunca tinha visto antes'

Técnico do Manchester City conversou com exclusividade com a correspondente Natalie Gedra