<
>

Benfica: Ex-cartola fala em 'rejeição de mais de 60%' e diz que volta de Jesus pode ser 'tremendo fracasso'

Enquanto a atual diretoria do Benfica pelo visto faz de tudo para ter Jorge Jesus de volta, um ex-presidente do clube considera a aposta arriscada e garante: o Mister está longe de ser o nome preferido em Lisboa.

Antonio Figueiredo disse nesta terça-feira, em entrevista à Rádio Renascença, que "mais de 60% dos sócios" são contrários à volta de Jorge Jesus ao Estádio da Luz, o que faria a negociação ser arriscada.

"Já não é a rejeição que havia no passado, mas é muito forte e vai ser uma aposta forte e difícil, que pode resultar num tremendo fracasso. Que Luís Filipe Vieira [atual presidente] não merece, mas se colhe o que se planta", disse o ex-cartola.

Jesus dirigiu o Benfica de 2009 a 2015, conquistando três vezes o Campeonato Português, cinco edições da Taça da Liga e uma Taça de Portugal, além de campanhas de destaque em torneios europeus.

O retorno do Mister é assunto recorrente na imprensa local. Segundo o jornal "O Jogo", o Benfica pretende investir em torno de 12 milhões de euros (R$ 72,5 milhões) para atrair Jorge Jesus e sua comissão técnica, três vezes mais do que pagavam a Bruno Lage e seu estafe.

Em meio às especulações, Jesus se prepara para a final da Taça Rio nesta quarta-feira, contra o Fluminense, no Maracanã. Se vencer o segundo turno do Campeonato Carioca, o Flamengo do Mister garantirá o título estadual.