<
>

Riquelme 'destrava' conversas, Tevez acerta renovação e seguirá no Boca Juniors

Depois de muitas idas e vindas sobre a renovação de Carlos Tevez com o Boca Juniors, o atual vice-presidente do clube, Juan Román Riquelme, resolveu as negociações e chegou um acordo com o atacante para que ele continua na equipe de Buenos Aires, segundo apurou a ESPN.

A princípio, o time xeneize havia oferecido a Tevez um contrato de um ano, e o Apache respondeu com uma contraproposta de seis meses.

Depois de muitas dúvidas sobre a continuidade de Carlitos, e também do surgimento de interessados no exterior, como o Corinthians, Riquelme entrou em cena e "destravou" as conversas, conseguindo resolver a situação definitivamente.

O novo acordo é um "ponto de encontro" entre as duas propostas: vínculo de um ano, mas com opção de rescisão dentro de seus meses, caso Tevez assim deseje.

O atacante, atualmente com 36 anos, começou no Boca em 2001 e ganhou 10 títulos oficiais com o clube argentino, entre eles uma Libertadores e um Mundial de Clubes.

Ainda em quarentena durante a pandemia de COVID-19, o craque admitiu recentemente que ficou bravo quando ouviu que o ex-zagueiro Jorge "El Patrón" Bermúdez e o ex-volante Raúl Cascini, ambos ídolos históricos do Boca, descreveram Tevez como um "ex-jogador" quando ele voltou de sua fracassada passagem pelo futebol chinês, no início de 2018.

Carlitos foi uma das grandes figuras das últimas sete partidas do Boca na última temporada, sendo decisivo na conquista da Superliga argentina.

Foi do camisa 10, inclusive, o gol do título, marcado na última rodada sobre o Gimnasia y Esgrima comandado por Diego Armando Maradona.