<
>

Doria diz que clubes de São Paulo não podem disputar Brasileiro antes do Paulista ser finalizado

Em coletiva realizada nesta segunda-feira, o governador de São Paulo, João Doria, disse que os clubes do Estado não podem iniciar a disputa do Campeonato Brasileiro de 2020 antes do Campeonato Paulista de 2020 ser finalizado.

Segundo Doria, isso está no procoloco que foi assinado conjuntamente por Governo e FPF (Federação Paulista de Futebol) para o retorno do futebol em São Paulo, e diz respeito às equipes que disputam a 1ª divisão do Estadual.

"Se não me engano, faltam três rodadas para concluir o campeonato estadual [N.R.: na verdade, faltam duas rodadas da fase de classificação, mais os mata-matas]. Sem concluir, os times de São Paulo não podem participar do Campeonato Brasileiro", avisou.

"Estamos levando em conta também isso, os aspectos de saúde e o protocolo que assinamos com a Federação Paulista de Futebol, e esta, por sua vez, com todas as equipes da primeira divisão", completou.

Vale lembrar que, apesar das equipes já terem sido liberadas para retomar os treinos em seus CTs, ainda não foi anunciada data para o Paulista ser resumido.

Para que o certame seja encerrado, são necessárias seis datas livres: duas para completar a fase de grupos, uma para quartas-de-final, uma para semifinal e duas para as finais.

O Brasileirão, por sua vez, está planejado para começar em 8 de agosto, de acordo com Rogério Caboclo, presidente da CBF.

Doria, por sua vez, salientou que irá se reunir com o presidente de FPF, Reinaldo Carneiro Bastos, na semana que vem para anunciar a data de reinício do Paulista.

"Até o final da semana que vem, no mais tardar, teremos uma posição relativamente à conclusão do Campeonato Paulista de Futebol", observou.

O Estado de São Paulo tem cinco representantes na Série A do Brasileiro: Corinthians, Palmeiras, Red Bull Bragantino, Santos e São Paulo.