<
>

Presidente do Grêmio fala em "Caxias campeão", caso Estadual não possa ser retomado

Com o seguimento da proibição de treinos e jogos no Estado do Rio Grande do Sul, e a possibilidade de encavalamento de datas, o presidente do Grêmio Romildo Bolzan Jr. sugere que o Caxias seja declarado campeão gaúcho.

Em entrevista ao Globoesporte, o dirigente disse ainda torcer para que seja possível concluir o campeonato no campo.

“Torcemos (para que) sim. Confiantes que possa acontecer. Mas já temo que as datas conflitem com o início do Brasileiro. Como tem sete datas para cumprir, a coincidência de datas poderá ser um fator complicador”, disse.

“Se por acaso não tivemos condições sanitária no Rio Grande do Sul de avançarmos, no sentido dos treinos e jogos, creio que talvez seja melhor declararmos o Caxias campeão”, completou.

O time do interior tem a terceira melhor campanha do Estadual, atrás de Grêmio e Internacional.

Romildo também comentou a decisão de concentrar o time em Criciúma, para que possa haver treinos táticos, uma vez que o futebol não está sendo tratado como prioridade no Rio Grande do Sul.

“ A ida do Grêmio é questão técnica, continuidade de preparação. É um passo à frente daquele cronograma que foi estabelecido no futebol brasileiro do dia 9 de agosto para começar o campeonato. Depois de tanto tempo de treinamentos físicos, somente cabe evoluir para contatos, principalmente coletivos e táticos”, disse.

A cidade catarinense pode vir a ser sede do time no Campeonato Brasileiro.