<
>

Botafogo: Autuori fala em 'absurdo' e detona Carioca: 'Não sabemos nem onde vai ser o próximo jogo'

play
Português? Inglês? Japonês? Resenha de Honda no treino do Botafogo arranca gargalhadas (1:45)

Meia japonês se divertiu com as confusões dos companheiros (1:45)

Após o empate por 0 a 0 com a Portuguesa-RJ, nesta quarta-feira, pelo Campeonato Carioca, o técnico do Botafogo, Paulo Autuori, continuou sua "cruzada" pessoal contra a Ferj (Federação de Futebol do Rio de Janeiro) e o Estadual.

Logo após a partida, o treinador disse que é um "absurdo" as equipes estarem atuando normalmente no certame, e falou em "descaso" com os jogadores e sua integridade física.

O comandante ainda elogiou o Glorioso por ter se colocado contrário ao retorno do futebol no Rio de Janeiro em meio à pandemia de COVID-19.

"Continuo achando um absurdo a gente voltar a jogar agora, é um descaso muito grande com os jogadores, com a integridade física dos jogadores. O Botafogo tomou sua decisão, muito bem tomada, de preservar a vida diante do que o mundo enfrenta", afirmou.

Para Autuori, não era necessário ter pressa para o retorno do Carioca, já que outros estaduais sequer foram retomados.

Com isso, depois do fim do campeonato no Rio, os times fluminenses ficarão parados e terão que esperar o início do Brasileirão, que é planejado para 9 de agosto.

"No fim o Campeonato Carioca vai acabar e os outros Estaduais vão iniciar ainda. E o tempo que vamos ficar parados para o Campeonato Brasileiro não é nada bom. Poderia juntar um pouco mais o término do estadual, é uma questão de bom senso e lógica", argumentou.

"Não me parece que tenha isso hoje dentro do Campeonato Carioca. Foi o único estado que teve pressão para voltar. E a cada dia fica mais claro que não havia necessidade disso", opinou.

Por fim, como vem sendo hábito, Autuori cutucou a Ferj e a organização do Estadual.

"Hoje, jogamos com objetivo de nos classificarmos e ir para as semifinais, e isso aconteceu. Agora, é recuperar o máximo possível para o jogo de domingo, em que não sabemos onde vai ser, o que tem sido uma normal dentro do Campeonato Carioca...", ironizou.

Na semifinal da Taça Rio, o Botafogo encara o 1º colocado do grupo B, que hoje seria o Fluminense.

Ainda não se sabe o horário e nem onde o jogo será.