<
>

Palmeiras trabalha com voltas de Luxemburgo e de jogador recuperado de COVID-19

Após folgar no fim de semana, o Palmeiras retomou os trabalhos na Academia de Futebol nesta segunda-feira.

O técnico Vanderlei Luxemburgo, após passar por cirurgia na vesícula, e um jogador recuperado de COVID-19, que teve sua identidade preservada, estiveram no centro de treinamento.

No último dia 18 de junho, o Verdão testou 30 jogadores para o novo coronavírus e apurou apenas um caso positivo. O atleta foi, então, afastado da reapresentação do elenco, mas, devidamente recuperado da doença, passou a trabalhar com o grupo nesta segunda-feira.

Luxemburgo, por sua vez, passou na última quinta-feira de maneira bem-sucedida por procedimento cirúrgico para retirada da vesícula.

Nesta segunda, de acordo com o clube, o treinador já retornou ao centro de treinamento para acompanhar as atividades.

Entre domingo e segunda, jogadores, comissão técnica e membros do Núcleo de Saúde e Performance passaram por mais uma rodada de testes moleculares RT-Lamp, que detectam possíveis infecções pelo coronavírus através da coleta de saliva.

Outras três baterias de testes do tipo devem ser realizadas nesta semana.

Para evitar aglomerações, o elenco se apresentou em dois grupos escalonados em horários distintos.

Os goleiros fizeram atividades específicas da posição, enquanto os jogadores de linha, dividimos em duas turmas, realizaram um teste de potência aeróbica.

"Estamos muito felizes por estarmos voltando ao Palmeiras", declarou o meio-campista Gustavo Scarpa.

"São muitos testes e avaliações físicas, a demanda é grande. Mas é bom estar de volta e esperamos que tudo se normalize rapidamente", completou o atleta.