<
>

Arthur pode ser 8º brasileiro de mais de 20 milhões de euros na Juventus; veja quem deu certo e errado

Com a chegada de Arthur, do Barcelona, selada, pendente apenas de oficialização, a Juventus chega ao seu 8º brasileiro contratado por mais de 20 milhões de Euros.

Alguns deram certo. Outros, nem tanto. E há três atualmente no elenco com desempenhos diferentes.

Veja abaixo a lista, com os valores de suas transações em milhões de euros, e uma avaliação sobre o desempenho de cada um deles:

Douglas Costa - 18/19 - 40 milhões

Vindo do Bayern de Munique, Douglas ainda não foi na Itália o jogador da Alemanha.

Em 94 jogos pelo time de Turim, não se firmou entre os titulares, tendo anotado apenas 9 gols em 94 jogos.

Avalição: Ainda não cumpriu as expectativas

Danilo - 19/20 - 37 milhões

No Manchester City, já não foi o jogador esperado por Pep Guardiola.

A transferência para a Itália lhe trouxe novos ares, mas não fez com que ele "estourasse" de vez.

Avaliação: Ainda não cumpriu as expectativas

Emerson - 04/05 - 28 milhões

Destaque na Roma, o jogador tinha propostas do Real Madrid e da Juve ao término do contrato. E optou pela permanência na Itália.

Com o técnico Fabio Capello, bilhou em Turim. Tanto que o treinador o levou para Madri depois - onde, aí sim, ele não foi bem.

Avaliação: Cumpriu as expectativas

Diego - 09/19 - 27 milhões

O meia do Flamengo jogou pouco pela Velha Senhora.

Saiu um ano depois da chegada, por menos dinheiro do que o clube pagou por ele.

Avaliação: Não cumpriu as expectativas

Alex Sandro - 15/16 - 26 milhões

Veio do Porto e firmou-se.

É bastante utilizado como titular.

Avaliação: Cumpriu as expectativas

Felipe Melo - 09/10 - 25 milhões

A recente desavença com Chilellini, que o criticou em livro, evidencia que o jogador do Palmeiras não deixou saudade.

O sentimento é mútuo e, embora Felipe nem tenha ido tão mal, a passagem não se notabilizou. Atuou nas duas piores temporadas recentes do clube.

Avaliação: Não cumpriu as expectativas

Amauri - 08/09 - 22,8 milhões

O ítalo-brasileiro veio do Chievo Verona e não agradou.

Anotou 24 gols em 100 partidas e deixou o clube criticado.

Avaliação: Não cumpriu as expectativas.

Negociação

Barcelona e Juventus fecharam na madrugada deste sábado a troca do volante Arthur pelo também meio-campista Miralem Pjanic.

O clube catalã perde um jovem jogador de 23 anos e ganha um de 30, mas que tem melhor rendimento imediato, agora poderá fechar o balancete econômico de venda de jogadores de maneira positiva, ao alcançar os 140 milhões de euros projetados no orçamento geral apresentado pela diretoria em outubro de 2019.

O acordo foi fechado depois de serem concretizadas diversas variáveis que ainda restavam, e que os executivos dos dois clubes conseguiram resolver.

Arthur chegou ao Barcelona em julho de 2018, quando foi comprado do Grêmio por 31 milhões de euros.

Desde que foi contratado, o meio-campista de 23 anos fez 71 jogos e marcou 4 gols com a camisa blaugrana.

Na atual temporada, em que alternou altos e baixos, ele registra quatro tentos e quatro assistências em 27 partidas.