<
>

Clubes aprovam retomada do Carioca; data depende de aval do governo

Neste sábado, uma reunião do Conselho Arbitral da Federação de Futebol do Estado do Rio de Janeiro (Ferj) aprovou o protocolo de retomada do Campeonato Carioca.

Todas as equipes da Série A do Cariocão participaram da votação e apenas Botafogo e Fluminense foram contra o protocolo. A informação é do GloboEsporte.

A Ferj alega que não é necessária a unanimidade para aprovar o retorno do campeonato, enquanto o Fluminense alega que o estatuto da Ferj está acima do Regulamento Geral de Competições e, por isso, a unanimidade se faz necessária.

A federação diz que é um "caso omisso e, por isso, tem a prerrogativa de decidir". O Flamengo concorda com a interpretação da Ferj.

Agora a Ferj e os clubes aguardam o governo estadual referendar medidas através das autoridades sanitárias para que o Estadual seja retomado. Quando voltar, o Carioca será disputado sem público e preferencialmente em três estádios: Maracanã, Nilton Santos e São Januário.

O Protocolo Jogo Seguro foi discutido durante uma videoconferência que durou cerca de 3h40 e foi desenvolivdo pelos médicos Márcio Tannure (Flamengo), Marcos Teixeira (Vasco) e Rômulo Capello (Bangu).

Nele, está decidido que o teste negativo para a COVID-19 será necessário para todos os envolvidos na realização dos jogos, inclusive profissionais de imprensa. As delegações poderão ter, no máximo, 40 pessoas e 32 passes serão distribuídos para acesso aos vestiários.

O banco de reservas terá oito jogadores e cinco membros da comissão técnica e a chegada ao estádio terá que acontecer, obrigatoriamente, 60 minutos antes da bola rolar.