<
>

Balotelli apresenta atestado para justificar ausências, mas Brescia já encaminha saída por 'justa causa'

A passagem de Mario Balotelli pelo Brescia parece ter acabado. De acordo com o jornal italiana Gazzetta Dello Sport, o clube demitiu o atacante por justa causa.

Segundo a publicação, o clube decidiu encerrar o ciclo dele no clube devido a faltas sem justificativa desde que os treinos foram retomados em meados de maio.

O clube também alega que o atleta não levou a sério os treinos durante a quarentena, feitos por meio de videconferências, entre março e abril.

Nesta semana, ele apresentou um atestado médico alegando problemas intestinais para justificar a ausência nas atividades.

O técnico do Brescia, Luis Diego López, falou ao Corriere della Sera sobre sua decepção com o jogador:

“Eu achei que, jogando na cidade dele, ele pudesse dar muito ao time. Ele tinha muito a dar, mas precisava fazer mais, muito mais. Esses são os fatos, por isso é normal que ele fique desapontado”.

Balotelli não tem tido temporadas tranquilas. Antes considerado um jogador com grande potencial, o atacante nunca conseguiu entregar o que se esperava dele.

Em determinado momento, suas questões de comportamento extracampo sempre o prejudicavam, fazendo com que saísse dos clubes e deixasse de ser convocado para a seleção italiana.

Na atual temporada, participou de 19 jogos e marcou cinco gols. No início do ano, teve seu nome especulado no Flamengo.