<
>

Com dois brasileiros, jornal faz lista com 21 craques que nunca ganharam Bola de Ouro

A Itália é a nação com mais "craques que nunca ganharam uma Bola de Ouro", segundo o As. A lista feita pelo jornal espanhol tem 21 nomes que já chegaram bem perto de serem considerados o melhor jogador do ano, ou que mereciam ter alcançado o feito em algum momento da carreira. Dois brasileiros são citados: Roberto Carlos e Neymar.

Único lateral, Roberto Carlos chegou muito perto do feito em 2002, quando defendia o Real Madrid e havia conquistado o penta com a seleção, mas um compatriota e companheiro de equipe chamado Ronaldo o deixou na segunda posição.

Já Neymar, o mais perto que chegou de conquistar a Ballon D'Or foi em 2017, quando defendia o Barcelona, e acabou atrás de Lionel Messi e Cristiano Ronaldo (vencedor) na pontuação.

Como exemplificado pelos brasileiros, Real Madrid e Barcelona são os clubes com mais representantes, nove somados.

Os atacantes são maioria (8), mas goleiros, como Buffon e Casillas, ou zagueiros, como Baresi, Maldini e Puyol, também são levados em consideração. Sem contar os vários meias, com destaque para a dupla iniesta/Xavi do Barça ou ao trio da Inglaterra Lampard/Giggs/Gerrard.

Abaixo, confira a lista completa, com o time que cada jogador chegou mais perto de ganhar o prêmio:

Italianos

Franco Baresi, zagueiro (Milan)

Paolo Maldini, zagueiro (Milan)

Andrea Pirlo, meia (Milan)

Gianluigi Buffon, goleiro (Juventus)

Alessandro Del Piero, atacante (Juventus)

Francesco Totti, atacante (Roma)

Espanhóis

Andrés Iniesta, meia (Barcelona)

Xavi, meia (Barcelona)

Carles Puyol, zagueiro (Barcelona)

Iker Casillas, goleiro (Real Madrid)

Raúl, atacante (Real Madrid)

Ingleses

Steven Gerrard, meia (Liverpool)

Ryan Giggs, meia (Manchester United)

Frank Lampard, meia (Chelsea)

Brasileiros

Roberto Carlos, lateral (Real Madrid)

Neymar, atacante (Barcelona)

Franceses

Éric Cantona, atacante (Manchester United)

Thierry Henry, atacante (Arsenal)

Outras nacionalidades

Ferenc Puskás, atacante - Hungria (Real Madrid)

Bernd Schuster, meia - Alemanha (Barcelona)

Dennis Bergkamp, atacante - Holanda (Internazionale)