<
>

Novo presidente acredita em novidade para pagar dívida até sexta e punição para ex-dirigentes: 'Seremos implacáveis com quem lesou o Cruzeiro'

O Cruzeiro tem até sexta-feira para pagar dívida relacionada ao atacante Willian - hoje no Palmeiras - e não perder mais seis pontos na Série B (o time já começará com – 6 pontos por não ter pago dívida relacionada ao volante Denílson). Segundo o novo presidente do clube, Sergio Rodrigues, ainda não há esse valor, mas ele acredita em novidades nos próximos dias.

“Hoje ainda não (temos esse recurso), mas trabalhamos com cenários para consolidar essa semana. Amanhã ou quarta acredito que vamos ter boas respostas sobre o assunto. Essa dívida do Willian e acertar a folha de pagamento na próxima semana são coisas imediatas que precisamos resolver a curto prazo e que vamos resolver”, disse Rodrigues em entrevista à ESPN.

Entre esses cenários, estão dinheiro de patrocinadores e venda de jogadores. A situação financeira do Cruzeiro é muito ruim e o novo presidente, que tem mandato até o fim do ano mas deseja seguir no clube, promete punição a quem prejudicou a equipe financeiramente.

“Seremos implacáveis com quem lesou Cruzeiro. O Ministério Público já indicou indicios de lavagem de dinheiro. Vamos em busca disso, tanto em investigação pública como privada, para que fique claro que qualquer pessoa que lesar o Cuzeiro será punida. Precisamos de exemplo para que isso nunca mais aconteça”, ressaltou.

Rodrigues ainda falou que, apesar do cenário de dificuldade, não há a possibilidade de falência. Além disso, declarou que a parada do futebol por conta do coronavírus pode ajudar o time já que jogadores estão sendo contratados (como Régis, Jean e Angulo) e outros poderão estar em melhores condições físicas (como Robinho, Cabral e Marcelo Moreno).

Veja os melhores trechos da entrevista