<
>

'Traidores'? Com Lewandowski e Batistuta, jornal lembra 15 astros que trocaram clube pelo maior rival

play
Gabriel Batistuta marcou época com a camisa da seleção argentina; relembre gols (1:20)

O ex-centroavante foi revelado pelo Newell's Old Boys e passou por River Plate, Boca Juniors, Fiorentina, Roma, Internazionale e Al-Arabi Doha e se aposentou em 2005, aos 36 anos (1:20)

O jornal As lembrou neste sábado de algumas das mais polêmicas transferências da história, os chamados "traidores".

O diário espanhou citou 15 jogadores que deixaram um clube e foram depois para o maior rival (seja com ou sem escalas), em negociações para lá de controversas.

A maior parte dos casos se refere a atletas europeus, como no caso de Robert Lewandowski, que trocou o Borussia Dortmund pelo Bayern de Munique de graça.

Também entram na lista, porém, casos ocorridos na América do Sul, como a emblemática saída de Gabriel Batistuta do River Plate direto para o Boca Juniors.

Ainda há exemplos como os de Zlatan Ibrahimovic e Andrea Pirlo, que jogaram por três rivais diferentes, mesmo que de forma não consecutiva.

Confira abaixo a lista do jornal:

Leonardo Bonucci: Juventus -> Milan -> Juventus

Theo Hernández: Atlético de Madrid -> Real Madrid

Andrea Pirlo: Inter de Milão -> Milan -> Juventus

Robert Lewandowski: Borussia Dortmund -> Bayern de Munique

Roberto Baggio: Fiorentina -> Juventus -> Milan -> Bologna -> Inter de Milão

Gabriel Batistuta: River Plate -> Boca Juniors

Carlitos Tevez: Manchester United -> Manchester City

Zlatan Ibrahimovic: Juventus -> Inter de Milão -> Barcelona -> Milan

Mario Gotze: Borussia Dortmund -> Bayern de Munique -> Borussia Dortmund

Mario Balotelli: Inter de Milão -> Manchester City -> Milan

Robin van Persie: Arsenal -> Manchester United

Gonzalo Higuaín: Napoli -> Juventus

Mats Hummels: Borussia Dortmund -> Bayern de Munique -> Borussia Dortmund

Luís Figo: Barcelona -> Real Madrid

Iñígo Martínez: Real Sociedad -> Athletic Bilbao