<
>

Elenco do Atlético-MG se revolta: 3 meses de atrasos, salário milionário de Sampaoli e presidente 'mudo'

O elenco do Atlético-MG está "revoltado" com o que acontece nos bastidores do clube, segundo informa o jornal O Tempo, de Minas Gerais, neste sábado.

A publicação afirma que os jogadores completarão três meses de atrasos de salários na carteira e quatro em direitos de imagem.

Enquanto isso, o treinador Jorge Sampaoli, com ganho de R$ 1,2 milhão por mês, segue recebendo normalmente com sua comissão técnica.

De acordo com o jornal, isso vem sendo visto como uma "regalia" ao argentino, enquanto os atletas seguem sem receber.

Além disso, o presidente Sérgio Sette Câmara não estaria prestando esclarecimentos ao elenco, segundo fontes ouvidas pela reportagem, em silêncio que também incomoda parte do elenco.

Completa a insatisfação as negociações da equipe alvinegra com o Goiás pelo volante Léo Sena.

O meio-campista, inclusive, já procurou jogadores do elenco para saber sobre a situação do Atlético-MG, e teria ouvido, segundo o jornal, sobre os atrasos.

Os jogadores, por sua vez, se revoltaram ao saber que o clube procura um reforço, mas não honra seus compromissos com quem já está na Cidade do Galo.

O Atlético-MG se pronunciou, através de sua assessoria, apenas para dizer que "não comenta assuntos internos".

Sérgio Sette Câmara não se manifestou.