<
>

Seleção popular de melhores da Champions em jornal francês acaba com só um brasileiro; veja a escalação

play
'A forma de jogar do Fernando Diniz faz bem ao Daniel Alves no São Paulo', diz Mário Marra (0:48)

Para o comentarista, o treinador facilita muito o serviço do camisa 10: 'Se ele cai em outro clube, teria dificuldade' (0:48)

Real Madrid e Barcelona dominaram a seleção ideal da Champions League, considerando de 1992 até os dias de hoje, feita pelo jornal francês L’Equipe em votação popular. Apenas um brasileiro ganhou espaço nesse time: Daniel Alves, lateral que conquistou a maior competição do continente pelo Barça.

A equipe catalã, que venceu três edições da Champions nessa era moderna, tem mais quatro jogadores: Puyol, Xavi, Iniesta e Messi. Já o Real Madrid, com sete títulos desde 1992, tem outros cinco atletas: Casillas, Sergio Ramos, Zidane, Cristiano Ronaldo e Raúl.

O único intruso dessa seleção é Paolo Maldini, zagueiro e lateral do Milan que venceu a Champions League em três oportunidades. Nesse time, ele é escalado como lateral esquerdo. Então, de forma organizada, a equipe é: Casillas, Daniel Alves, Puyol, Sergio Ramos e Maldini; Xavi, Iniesta e Zidane; Messi, Cristiano Ronaldo e Raúl.

Roberto Carlos, Marcelo e Ronaldinho Gaúcho foram outros brasileiros bem votados nesse eleição, mas acabaram superados pelos concorrentes.