<
>

Julgamento da CAS que decidirá futuro do Manchester City na Champions já tem data definida

play
Agüero usa tática inusitada, coloca o goleiro como primeiro defensor e os 10 jogadores de linha dentro do gol no videogame (0:33)

Jogador do Manchester City brincou contra Verón no videogame - Instagram @scespn (0:33)

A CAS (Corte Arbitral do Esporte) anunciou nesta terça-feira que o julgamento do recurso do Manchester City contra a Uefa (União das Federações Europeias de Futebol) foi marcado para os dias 8, 9 e 10 de junho.

Em 14 de fevereiro, a equipe inglesa foi banida por duas temporadas da Champions League, depois que a Uefa considerou o clube culpado de descumprir e fraudar as regras de fair play financeiro da entidade.

No mesmo dia, porém, o City acusou a associação europeia de ter "premeditado" o julgamento e recorreu à CAS, que é a última instância da Justiça desportiva no mundo.

Além da exclusão da Liga dos Campeões, o clube celeste foi multado em 30 milhões de euros (R$ 187,32 milhões) pela Uefa.

As irregularidades foram reveladas pela revista alemã Der Spiegel, em novembro de 2018.

A punição passará a valer a partir da temporada 2020/2021 - ou seja, o City ainda poderá continuar na disputa da Liga dos Campeões 2019/20.

A Premier League também aguarda ansiosa o resultado do julgamento, já que ainda não sabe quais serão os clubes classificados para a próxima Champions.

Caso o City termine em 2º lugar, mas não consiga reverter a situação com recurso, o 5º colocado irá ganhar a vaga no torneio continental.