<
>

'Revolução para sonhar': jornal diz quem pode chegar à Inter de Milão para o 'segundo mandato' de Conte

play
Futebol, corrida e admiração: Alexis Sánchez publica vídeo mostrando todo o amor por seus cachorros (0:53)

Jogador da Internazionale postou o vídeo nas redes sociais - Instagram @scespn (0:53)

O jornal Gazzetta dello Sport revelou, nesta terça-feira, os detalhes da grande reformulação que a Inter de Milão deve fazer nas próximas janelas de transferências.

Com o dinheiro do grupo chinês Suning, dono de 68,55% das ações do clube, o gigante italiano planeja contratar reforços de peso em todos os setores.

O diário afirma que trata-se de uma "revolução", mas com objetivo claro: voltar a sonhar com a conquista de grandes títulos a nível nacional e internacional.

Para isso, os nerazzurri sabem que têm que dar ao técnico Antonio Conte, que irá iniciar seu "2º mandato" à frente da equipe em 2020/21.

Veja os detalhes da "revolução":

NO ATAQUE

A Gazzetta ressalta que o belga Dries Mertens, que era o grande sonho da diretoria interista, voltou a se aproximar de uma renovação com o Napoli, seu clube atual.

Com isso, o jornal destaca como alternativa a possível chegade de Edinson Cavani, que assinaria de graça após o fim de seu contrato com o Paris Saint-Germain.

Além disso, o diário já dá como certa a saída de Lautaro Martínez para o Barcelona, e indica quem deveria ser a peça de reposição.

"Para seu lugar, a Inter gosta de Timo Werner, do RB Leipzig, apesar de saber que ele também desperta o interesse do Liverpool", salientou.

NAS LATERAIS

De acordo com o diário, o nome que mais agrada para a lateral-direita é Nelson Semedo, do Barcelona, que pode entrar em uma negociação por Lautaro.

No entanto, a Inter também está de olho em Achraf Hakimi, atualmente empretado pelo Real Madrid ao Borussia Dortmund. Mas o preço é alto.

"O Real o avalia em ao menos 50 milhões de euros, e já sabe também que o PSG o quer...", salienta o veículo.

Para a ala esquerda, o nome mais provável é o do brasileiro naturalizado italiano Emerson Palmieri, do Chelsea, que já foi treinador por Conte em Stamford Bridge.

NO MEIO-CAMPO

A Gazzetta afirma que Arturo Vidal, do Barcelona, é o objetivo prioritário da diretoria interista.

O chileno, aliás, é outro nome que poderia ser envolvido na gigantesca negociação por Lautaro Martínez com o Barça.

O outro nome desejado para o meio-campo é o do jovem Sandro Tonali, sensação do Brescia e das seleções italianas de base.

No entanto, há um concorrente de peso pelo jogador de 20 anos: a poderosa Juventus.